Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

'Não entendo a violência do crime', diz pai de esposa de promotor 

Lorenza Maria Silva de Pinho foi assassinada em abril de 2021, em BH; marido é acusado do crime e ainda não foi julgado

Minas Gerais|Shirley Barrroso, Da Record TV minas

Lorenza foi morta há um ano
Lorenza foi morta há um ano Lorenza foi morta há um ano

O pai de Lorenza Maria Silva de Pinho, que foi assassinada em abril de 2021, falou sobre a morte da filha no dia que o crime completa um ano. O promotor de Justiça André Luís Garcia de Pinho, suspeito do feminicídio contra a própria esposa, é réu desde agosto do ano passado, mas ainda não foi julgado.

O crime aconteceu no apartamento onde o casal morava com os cinco filhos, no bairro Buritis, região oeste de Belo Horizonte.

“Em ordem natural, eu deveria ter ido primeiro. Eu até entendo essa possibilidade. O que eu não entendo é a violência, não só do crime, como do que antecedeu o assassinato”, lamenta Marco Aurélio Silva.

Segundo as investigações, a mulher de 41 anos foi morta por asfixia e o crime teria sido premeditado. ”Minha filha foi dopada durante muito tempo. Houve uma programação para a morte de Lorenza”, diz Silva.

Publicidade

O suspeito continua recolhido no Batalhão do Corpo de Bombeiros, na capital mineira, e ainda recebe salário como promotor de Justiça. Em fevereiro deste ano, o TJMG (Tribunal de Justiça de Minas) decidiu, por unanimidade, manter a prisão de Pinho.

Além do promotor, os médicos que assinaram o atestado de óbito também foram indiciados por falsidade ideológica. O documento indicava a causa primeira da morte como autointoxicação. Eles respondem pelo crime em outro processo.

"Ele ligou para o hospital. Gozado que ele disse que ela estava agonizando e que ficou 20 minutos aguardando a ambulância, mas minha filha já estava morta. O que fizeram com o sangue da minha filha? O IML encontrou 0,28 ml de sangue quando deveria ter 5 litros no organismo", questiona o pai da vítima.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.