Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Prefeitura de Belo Horizonte começa a aplicar vacina contra monkeypox

Objetivo principal da vacinação é a proteção dos indivíduos com maior risco de evolução para as formas graves da doença

Minas Gerais|Do R7


Esquema de imunização contra a doença é de duas doses
Esquema de imunização contra a doença é de duas doses

A Prefeitura de Belo Horizonte começa a aplicar, nesta quarta-feira (22), a vacina contra a varíola do macaco. 

A vacinação acontece no Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (Crie) de Belo Horizonte, que fica na rua Domingos Vieira, 488, bairro Santa Efigênia, na região centro-sul da capital mineira. O funcionamento do Crie ocorre das 8h às 18h, nos dias úteis, e das 8h às 12h e 14h às 18h, nos sábados, domingos e feriados.

Conforme orientação do órgão federal e o número de doses disponibilizadas, poderão ser vacinadas pessoas que vivem com o HIV/aids: homens cisgêneros, travestis e mulheres transexuais; com idade igual ou superior a 18 anos; e com status imunológico identificado pela contagem de linfócitos T CD4 inferior a 100 células nos últimos seis meses.

Também poderão se vacinar as pessoas assintomáticas que tiveram contato direto com fluidos e secreções corporais de pessoas suspeitas, prováveis ou confirmadas para a doença, após avaliação da Vigilância Epidemiológica.

Publicidade

O objetivo principal da vacinação é a proteção dos indivíduos com maior risco de evolução para as formas graves da doença, dentro do atual contexto de transmissão observada no país, e, secundariamente, a interrupção da cadeia de transmissão por meio da vacinação de contatos com casos suspeitos e/ou confirmados para varíola do macaco.

O esquema de imunização contra a doença é de duas doses da vacina MVA-BN Jynneos, com um intervalo de quatro semanas (28 dias) entre as doses.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.