Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Monitor7
Publicidade

Filme "Ômicron", de 1963, antecipa riscos da pandemia atual?

Com chegada da nova variante, viralizou o pôster do filme homônimo, com roteiro que tem alienígena em corpo humano, ameaçando vida na Terra

MonitoR7|Do R7

Com a descoberta da nova variante do coronavírus, as redes sociais foram tomadas pela palavra "Ômicron". No meio de muitas notícias e incertezas que a nova cepa trouxe, um cartaz de um filme italiano de 1963 está viralizando nas redes sociais.

Cartaz de filme italiano, de 1963, homônimo da variante do coronavírus
Cartaz de filme italiano, de 1963, homônimo da variante do coronavírus Cartaz de filme italiano, de 1963, homônimo da variante do coronavírus

Há dois tipos de postagem sobre o tema. Um deles traz o verdadeiro cartaz do filme e informações corretas sobre a película. A imagem está aqui, ao lado.

O filme se originalmente se chama apenas "Omicron" e foi lançado em 1963 com produção italiana e francesa. No Brasil, ganhou o título de "Ômicron, o agente do espaço.

É um longa-metragem de ficção científica, em tom de paródia, como se pode perceber já pelo cartaz original. No roteiro, um alienígena assume o corpo de um humano, para aprender mais sobre o planeta e ameaçar a raça humana.

Publicidade

As postagens que trazem a ilustração e informações corretas se preocupam mais em chamar a atenção para a coincidência e tratam do assunto com bom humor.

O outro tipo de publicação, no entanto, tem outra abordagem. A ilustração é completamente diferente, o nome do filme passa a ser "The Omicron Variant" (A Variante Ômicron, em português) e ainda se acrescenta um subtítulo que, em português, significa "o dia em que a terra se tornou um cemitério". Uma das postagens com esse conteúdo alcançou cerca de duas mil curtidas e mais de 400 retuítes.

Publicidade

Além da imagem diferente, estas postagens também trazem frases dúbias, como "a vida imita a 'Arte'", aparentemente indicando que o filme indicaria algum tipo de planejamento no surgimento da variante do coronavírus. 

Planejamento, na verdade, houve na postagem. A imagem é uma montagem da usuária @BeckyCheatle, que confessou: "É só uma bobagem porque pensei que Omicron Variant parecia um filme de ficção científica dos anos 70". Outro ponto trazido por ela é que nem o pôster que ela usou para fazer a montagem é do filme italiano, mas do filme Fase IV de 1974 - por isso o subtítulo "O dia em que a terra se tornou um cemitério". 

Publicidade

Ao pesquisar filmes no IMDB, plataforma famosa que cataloga filmes de todo o mundo, não há registro de películas chamadas "Variante Ômicron". Se a pesquisa for apenas com a palavra ""ômicron", é possível encontrar o filme italiano de 1963, além de outros. Como "The visitor from Planet Omicron", comédia de ficção científica, de 2013, dos Estados Unidos.

E porque esse nome é tão popular? Para a variante do coronavírus, o motivo é simples: seguindo critério adotado já há alguns meses, a Organização Mundial da Saúde(OMS) batizou a nova variante com o nome de uma das letras gregas. Já em relação aos filmes, letras gregas também são populares na ficção científica, porque são bastante usadas também para nomear corpos celestes(como estrelas) ou constelações.

Outros artistas gráficos e designers estão usando o título "A Variante Ômicron" para fazer pôsteres no estilo de filmes antigos. Então, é possível encontrar imagens diferentes, usando esse título. No entanto, para deixar claro, consideramos falsas as postagens que estão viralizando, porque elas não são apenas exercícios de artistas gráficos. As publicações usam uma imagem adulterada, sem avisar sobre a adulteração e junto com textos que buscam reforçar teorias conspiratórias sobre a Covid-19 e suas variantes.

Ficou em dúvida sobre uma mensagem de aplicativo ou postagem em rede social? Encaminhe para o MonitoR7, que nós checamos para você (11) 9 9240-7777

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.