Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Lexus está preparando "mini" SUV para brigar com Audi e Mercedes

LBX será revelado na Europa em junho

Autos Carros|Marcos Camargo Jr. e Marcos Camargo Jr.

Modelo deve usar plataforma TNGA-B
Modelo deve usar plataforma TNGA-B Modelo deve usar plataforma TNGA-B

A Lexus, divisão de luxo da Toyota, vai revelar em junho na cidade de Milão, Itália, o novo modelo da marca. Desta vez não será um SUV ou sedã de grande porte mas sim um “mini crossover” baseado no Yaris.

LBX terá cerca de 4,20m de comprimento
LBX terá cerca de 4,20m de comprimento LBX terá cerca de 4,20m de comprimento

De fato a Toyota ainda não deu muitos dados técnicos mas as imagens já reveladas apontam para um modelo compacto baseado na plataforma TNGA-B, que é a base do Yaris e Yaris Cross na Europa, que por sua vez é a versão reduzida da TNGA (que é a base do Corolla e Corolla Cross).

Modelo deve ter ampla grade frontal, que é um padrão da Lexus
Modelo deve ter ampla grade frontal, que é um padrão da Lexus Modelo deve ter ampla grade frontal, que é um padrão da Lexus

O LBX terá cerca de 4,20m de comprimento, 30cm menor que o UX (que é o menor modelo da marca) e poderá também ser a opção mais acessível de entrada na marca premium dos japoneses.

LBX será destinado ao mercado Europeu
LBX será destinado ao mercado Europeu LBX será destinado ao mercado Europeu

Nesse caso a motorização seria o conhecido 1.5 litro trabalhando com motor elétrico que gera 114cv ou ainda um modelo a combustão 1.5 de 123cv combinado com transmissão CVT ou manual de seis marchas.

Publicidade

NOVO TOYOTA YARIS CROSS 2024: será lançado aqui no Brasil com motor híbrido. Veja o vídeo!

Na mira da Lexus estão modelos como o Audi Q2 mas também BMW X1 e Mercedes GLA, que são um pouco maiores. Como a Lexus vai fortalecer seu posicionamento de marca do design e tecnologia (inclusive no Brasil onde a executiva Nancy Aline Serapião assumiu o comando da marca), esperamos por novidades e maior força de vendas oferecendo aos clientes Toyota uma chance de upgrade dentro das marcas do grupo. A princípio o LBX será destinado ao mercado Europeu mas pode também ser vendido nos EUA. Por aqui as chances de estreia são remotas ao menos neste momento.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.