Logo R7.com
Logo do PlayPlus
O que é que eu faço Sophia
Publicidade

Recebi duas aposentadorias com isenção. Como declaro no IR 2021?

Internauta tem mais de 65 anos e recebeu dois informes de rendimento com isenção e quer saber se vai ter de pagar imposto

O que é que eu faço Sophia|Sophia Camargo, do R7 e Sophia Camargo


Aposentado com mais de 65 anos tem um limite de isenção anual de R$ 24.751,74
Aposentado com mais de 65 anos tem um limite de isenção anual de R$ 24.751,74
Olá%2C Sophia%2C tenho mais de 65 anos e recebo uma aposentadoria pelo INSS e uma aposentadoria privada. Os dois informes de rendimentos vieram com limite de isenção. Como declaro%3F Vou ter de pagar imposto sobre uma dessas rendas%3F

(Pergunta de diversos internautas)

Resposta: Sim, terá de pagar imposto sobre uma delas, pois o limite de isenção para pessoas acima de 65 anos só pode ser usado uma única vez.

Entenda como funciona:

Rendimentos de aposentadoria e pensão são tributáveis

Os rendimentos de aposentadoria e pensão são considerados rendimentos tributáveis pela Receita Federal. Sendo assim, sobre eles incide imposto quando os valores recebidos ultrapassarem o limite de isenção da tabela progressiva do Imposto de Renda.

Em 2020, esse limite de isenção foi de R$ 1.903,98 por mês, e de R$ 24.751,74 no ano (o equivalente a 12 meses mais o 13º salário).

Publicidade

Como fazer a declaração?

Aposentados e pensionistas com menos de 65 anos devem declarar a totalidade desses rendimentos na ficha Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica pelo titular ou pelo dependente.

[embed id="60a5818f19d224bcb0000ba4" author="Reprodu%C3%A7%C3%A3o%2F%20IR%202021" dimensions="100" crop="" description="" title="" url="https://img.r7.com/images/ir-2021-rendimento-tributavel-recebido-de-pessoa-juridica-16042021172205417" namespace="images" image_with_link="false" link_name_image="" target_image="_self" size_amp="771x646" device_type="mobile+desktop"] [embed id="60a583fb43527fab4d000c1e" namespace="intertitle" authorquote="" content="%0AIsen%C3%A7%C3%A3o%20adicional%20para%20quem%20tiver%20mais%20de%2065%20anos"]

A partir do mês do aniversário em que o aposentado ou pensionista completa 65 anos, ele passa a ter direito a uma parcela adicional de isenção sobre estes rendimentos no valor de R$ 1.903,98 por mês, ou R$ 24.751,74 no ano.

Publicidade

Essa parcela isenta só vale para os rendimentos de aposentadoria, pensão, reforma e reserva remunerada. Se o aposentado continua trabalhando e recebe salário, por exemplo, paga imposto normalmente. O mesmo vale para rendimentos de aluguel, pró-labore, pensão alimentícia, por exemplo.

A parcela isenta deve ser declarada na linha Rendimentos Isentos ou Não Tributáveis, linha 10.

Publicidade

Leia também

Como declarar as duas aposentadorias com isenção?

Quem recebe duas aposentadorias ou uma pensão e uma aposentadoria vai receber o informe de rendimentos da fonte pagadora, como o INSS, com a isenção a que tem direito em cada uma das aposentadorias ou pensões recebidas, mas não poderá utilizar duas vezes o limite de isenção.

Para facilitar a declaração de quem está nessa situação, a Receita alterou o programa deste ano para que, ao ultrapassar o limite da parcela isenta na linha 10, o próprio programa permita que o contribuinte direcione o rendimento excedente para a ficha Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica (pelo titular ou pelo dependente), sem necessidade de fazer contas.

Até o ano passado, cabia ao próprio contribuinte calcular apenas um limite de isenção e informar os demais rendimentos como tributáveis.

Veja como fica no programa da declaração:

Quando os valores recebidos de aposentadoria ou pensão forem maiores que R$ 24.751,74, o programa da declaração do IR 2021 informa que o limite para o CPF foi ultrapassado e pergunta se o declarante quer transferir os valores excedentes para a ficha Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica.

Ao responder "Sim", o programa ajusta automaticamente o valor para o limite permitido de isenção, dessa forma:

E abre automaticamente um novo item na ficha Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica, informando o valor excedente.

Ainda que o valor das duas aposentadorias seja exatamente o limite de isenção de R$ 24.751,74, o programa do IR 2021 não permite o lançamento de dois valores de isenção para o mesmo CPF. Se o aposentado recebe duas aposentadorias, como é o caso da pergunta, e tente lançar duas vezes o rendimento isento informando duas vezes a linha 10 em Rendimentos Isentos, o programa não irá aceitar a segunda tentativa, e irá perguntar se deseja transferir o rendimento para a linha Rendimentos Tributáveis, e irá calcular o imposto sobre essa renda.

E se o titular e o dependente tiverem direito ao limite de isenção?

Aí é diferente. Caso o titular e dependentes tenham direito a essa isenção, o programa irá permitir que cada um dos CPFs (do titular e de cada um de seus dependentes) tenha direito ao lançamento dessa isenção.

Leia mais: Casal aposentado pode usar duas vezes a isenção do IR 2021?

________________________

Se ainda tiver mais dúvidas sobre economia, dinheiro, direitos e tudo mais que mexe com o seu bolso, envie suas perguntas para “O que é que eu faço, Sophia?” pelo e-mail sophiacamargo@r7.com

ARTE IR 2021 - PRAZO 31 MAIO - TIRA DÚVIDAS
ARTE IR 2021 - PRAZO 31 MAIO - TIRA DÚVIDAS

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.