Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Refletindo Sobre a Notícia
Publicidade

A falta de respeito da Porta dos Fundos e a falsidade da coletividade

Produtora segue investindo no desrespeito a todos aqueles que admiram ou seguem Jesus e nada é feito

Refletindo Sobre a Notícia por Ana Carolina Cury|Do R7 e Ana Carolina Cury


Mais uma vez a produtora Porta dos Fundos lança um produto que ofende os cristãos. A cada ano que passa, o ataque tem ficado pior. Agora eles apostam na ideia de vender a imagem de Jesus totalmente desconstruído e de Deus em um bordel.

Não é a primeira vez que eles atacam o cristianismo. Em 2019, a empresa foi alvo de críticas por retratar Jesus como homossexual. À época, porém, a companhia foi processada por organizações religiosas e nada aconteceu.

Todos os anos, nesta época, a produtora lança conteúdos que ofendem cristãos e nada acontece, sob a premissa de 'liberdade de expressão'
Todos os anos, nesta época, a produtora lança conteúdos que ofendem cristãos e nada acontece, sob a premissa de 'liberdade de expressão'

Como sempre, no Brasil, as pessoas conseguem encontrar brechas na lei para conseguir fazer suas maldades. Com eles, não foi diferente... Diversas ações baseadas no artigo 208 do Código Penal que pediam à Netflix e ao Porta dos Fundos que retirassem da plataforma o filme de 2019, além de pagarem R$ 1 bilhão por danos morais, foram negadas pela Justiça sob a explicação de que vivemos em um "Estado democrático e é preciso que haja liberdade de informação e de crítica".

Seria cômico se não fosse revoltante ler isso em uma época em que ofendem cristãos indiscriminadamente e cancelam qualquer um que não concorde com a turma do mimimi.

Publicidade

Hipocrisia descarada

As pessoas que dizem defender o coletivo e agem com falta de respeito não deveriam ser ouvidas nem veneradas quando "defendem" bandeiras da atualidade.

Publicidade

Por que permitem ofender a imagem de Deus e condenam/cancelam quem critica a linguagem neutra, por exemplo? Não é uma hipocrisia descarada, meu caro leitor?

O Brasil, infelizmente, vem perdendo os bons humoristas e ficando apenas com aqueles que acham que para proporcionar risadas vale tudo, inclusive humilhar. Isso é triste. E mais deplorável ainda é ver que muita gente consome esse tipo de conteúdo, dando audiência para quem lucra com o desrespeito.

Publicidade

Mais um motivo pelo qual nosso país não consegue avançar! Nem preciso falar que se a Porta dos Fundos tivesse feito uma sátira maldosa a qualquer outro movimento seus autores já teriam sido cancelados. Mas é óbvio que eles não vão ofender aquilo em que acreditam. A empatia e a tolerância, para eles, valem só para um lado.

Por isso, é preciso refletir e usar a inteligência. Quem prega o "amor" e destila o ódio não deveria ser aplaudido.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.