Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Refletindo Sobre a Notícia
Publicidade

Comissário tem atitude que surpreende passageira em voo; entenda

Profissional notou que Andressa estava chorando e resolveu fazer algo para ajudá-la

Refletindo Sobre a Notícia por Ana Carolina Cury|Do R7 e Ana Carolina Cury


A farmacêutica Andressa Pereira, de 29 anos, estava prestes a entrar em um voo que saia de Porto Seguro com destino à Uberlândia. Ela estava de férias, mas não estava em um dia bom, porque tinha acabado de receber a notícia de que seu pai havia ficado cego de um dos olhos, devido a um descolamento de retina. 

A primeira reação da jovem foi a de chorar. Mas, ao longo do voo, foi surpreendida por um funcionário da companhia aérea Azul, com uma cartinha escrita à mão:

"Eu acredito que todo processo em nossas vidas é necessário para que nos tornemos seres humanos melhores. Eu não sei o motivo da sua dor hoje, mas em nome de toda a tripulação desejo que você fique bem. Se quiser conversar, estamos todos a disposição", aconselhava o texto redigido por Nicolas Valim.

Palavras que ajudaram Andressa. "O comissário da Azul me viu chorando e veio me entregar isso. Por mais Nicolas no mundo", publicou a jovem em suas redes sociais. A história viralizou.

Publicidade

Olhar humano

Nicolas estava atento. Ele notou o sofrimento da farmacêutica e decidiu fazer algo para ajudá-la. Atitude que traz uma grande reflexão: o que faríamos se estivéssemos no lugar dele? 

Publicidade

Muitas vezes cobramos tanto em receber atenção, carinho ou reconhecimento e sequer pensamos em retribuir. O ser humano normalmente quer muito para si e se esquece que melhor que ganhar é poder dar.

Só quem busca ter o olhar de Nicolas no dia a dia entende o quanto nossas vidas são transformadas quando buscamos enxergar o outro com amor e compaixão.

Publicidade

É quando fazemos algo sem esperar nada em troca que ganhamos mais. Porque quando ajudamos quem genuinamente precisa estamos, na verdade, ajudando a nós mesmos.

Tenho certeza que, com a atitude singela que teve, mais do que trazer alegria para o dia de Vanessa, o comissário transformou seu próprio dia.

"Eu sou grato porque hoje eu tenho a oportunidade de fazer o que eu realmente amo. Demorei um pouco para vir para a aviação, então eu valorizo demais o meu trabalho. E ter a oportunidade de exercer a minha profissão com excelência, servindo sempre o próximo, pra mim é impagável", disse Nicolas.

"Esse bilhete tomou uma proporção absurda, que eu não esperava. Quando eu me dei conta de tudo isso eu fiquei tão feliz porque ele (o bilhete) enaltece a minha certeza que estou trabalhando e caminhando para o lugar certo", completou.

Surpresa em voo inspira atitudes de amor ao próximo
Surpresa em voo inspira atitudes de amor ao próximo

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.