Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Refletindo Sobre a Notícia
Publicidade

Tiro no pé? Opositores de Lula se manifestam sobre ataque de vandalismo

Movimento que invadiu as sedes dos três Poderes só reforça que o fanatismo é a pior escolha

Refletindo Sobre a Notícia por Ana Carolina Cury|Do R7 e Ana Carolina Cury


Um show de horror. Assim podemos definir as imagens dos ataques de vandalismo ocorridos no domingo (8) no Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Supremo Tribunal Federal (STF).

Os "manifestantes" quebraram móveis, vidros da fachada, destruíram obras de arte e até objetos históricos. Também invadiram gabinetes, rasgaram documentos, roubaram comida e armas.

O prejuízo financeiro ainda não foi divulgado. Perda, diga-se de passagem, que será compensada com o meu e com o seu dinheiro. Mas, como toda ação tem consequências, as reações jurídicas contra os manifestantes e autoridades envolvidas já começam a acontecer. Até o fechamento deste texto, pelo menos 300 pessoas haviam sido presas.

Ataques de vandalismo aconteceram no Palácio do Planalto, Congresso e STF
Ataques de vandalismo aconteceram no Palácio do Planalto, Congresso e STF

Posicionamento

Publicidade

É importante deixar claro que ser oposição é uma coisa, apoiar atos criminosos é outra totalmente diferente. Eu tenho meu direito de discordar de você, e vice-versa. Que bom por isso!

Acredito que em um país onde todos pensam igual não há crescimento, não há troca. Da mesma forma que coloquei aqui evidências contra o atual governo, não poderia me calar ao ver um ato de fanatismo e violência. Este blog não compactua com isso, de forma alguma.

Publicidade

Líderes de diversos partidos, deputados, senadores, celebridades entre outras pessoas públicas conservadoras se posicionaram contra os que ontem pediram por um golpe de Estado e depredaram as sedes dos três Poderes.

Oposição inteligente é necessária

Publicidade

Antes de torcer pelo político A ou B eu torço pelo Brasil. E vejo um grande problema nas pessoas que cultivam seus "políticos de estimação", pois elas passam a venerá-los como deuses e se esquecem do que a nação realmente necessita. E tais políticos, obviamente, se aproveitam disso para fazer crescer suas popularidades. 

Prisões em flagrante foram realizadas. Pelo menos 300 manifestantes foram detidos
Prisões em flagrante foram realizadas. Pelo menos 300 manifestantes foram detidos

"Em nome da direita" radicais levantaram bandeiras golpistas que mais pareciam um ataque contra o próprio grupo de conservadores que existe no Brasil. O mesmo acontece do outro lado com radicais da esquerda. 

O problema político da humanidade sempre esteve aí: no fanatismo, na falta de equilíbrio e na ausência de diálogo. Afinal de contas, fanáticos não pensam, não sabem conversar e não usam a inteligência.

Assim, concluo que esses que agiram de forma radical deram "de bandeja" a prerrogativa para falarem ainda mais que quem é contra as ações do novo governo é extremista. Ou seja, enfraqueceram um movimento de oposição justo e democrático.

Concordo com o colega Diogo Shelp quando ele diz que "se a direita responsável, que realmente quer o bem do país, se calar diante de atos de vandalismo como os que ocorreram neste domingo (8) em Brasília, afundará qualquer chance de fazer uma oposição forte e efetiva contra Lula."

Precisamos mostrar com inteligência ao novo presidente que se ele quer, de fato, um país melhor, precisará saber ouvir não apenas aqueles que concordam com ele, mas, sobretudo, os que pensam diferente.

É um contrassenso querer destruir o Brasil só porque seu candidato não foi eleito. 

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.