Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Renda Extra
Publicidade

Influenciadores de comunidades vão levar educação financeira e dicas de renda extra às periferias

Os riscos do endividamento e os benefícios de uma vida econômica controlada são algumas das orientações

Renda Extra|Do R7

Até 5 de dezembro é possível renegociar as contas em atraso no Feirão da Serasa
Até 5 de dezembro é possível renegociar as contas em atraso no Feirão da Serasa Até 5 de dezembro é possível renegociar as contas em atraso no Feirão da Serasa

Para aproveitar as promoções especiais proporcionadas pelo Feirão Limpa Nome e levar educação financeira às periferias do país, a Serasa fez uma parceria com a Digital Favela, plataforma que gera conexão da cultura e das oportunidades da favela entre moradores e marcas. Seis influenciadores comunitários foram convocados para dialogar com a população que mais sofre os efeitos da baixa renda e os impactos do endividamento.

As baianas Cah Fernandes e Mia Lopes, a paulista Larissa Ramos, a gaúcha Aline Barbosa e os cariocas Bianca Santos e Bruno Farias fazem parte do evento para estimular ações de educação financeira e dar dicas de renda extra em suas redes sociais.

“O Feirão Serasa Limpa Nome, com dívidas que podem ser quitadas com descontos de até 99%, é a melhor oportunidade de falar sobre saúde financeira e a importância de recomeçar a vida econômica sem sobressaltos”, explica Gabriela Siqueira, coordenadora do projeto Serasa na Quebrada.

“A pauta das finanças pessoais é relevante em qualquer território – e na favela não é diferente. Gerar conhecimento sobre o assunto, assim como novas oportunidades, é fundamental para um público que tem enorme força de consumo, além de ser naturalmente empreendedor”, diz Celso Athayde, sócio e coCEO da Digital Favela.

Publicidade

A Digital Favela nasceu há dois anos, em meio à pandemia, como uma plataforma que conecta criadores de favelas com marcas e empresas interessadas em estimular o empreendedorismo social e conversar com uma audiência que movimenta mais de R$ 180 bilhões por ano.

O projeto reúne micro influenciadores comunitários com grande capacidade de interação, geração de conteúdo de acordo com o real interesse dos moradores dessas áreas. Atualmente, a Digital Favela tem em sua base cerca de 6,5 mil micro influenciadores presentes em mais de 3 mil favelas em todo o Brasil, gerando mais oportunidades aos seus moradores e mostrando a potência desses territórios.

Publicidade

Negociação

A negociação de dívidas tem registrado mais de 2 milhões de acordos todos os meses. O volume feito por meio do aplicativo da Serasa teve um aumento de 40% em relação ao ano passado, de acordo com a empresa.

Até 5 de dezembro é possível renegociar as contas em atraso no Feirão Serasa Limpa Nome 2022 por meio dos canais digitais da empresa. O consumidor pode negociar suas dívidas negativadas ou atrasadas com 267 empresas. Entre as companhias parceiras estão bancos, securitizadoras, empresas de telefonia, varejistas e universidades, entre outras.

Publicidade

Os descontos, definidos pelas próprias empresas, podem chegar a 99% do valor da dívida. O evento oferece alternativas para renegociar as dívidas em casa e, segundo a Serasa, em operações que podem durar até três minutos. Algumas parceiras aceitam Pix como forma de pagamento, facilitando o processo, inclusive, em acordos parcelados.

O Feirão Serasa Limpa Nome acontece nos seguintes canais:

• Site: http://www.serasalimpanome.com.br

• App Serasa no Google Play e App Store

• Ligação gratuita 0800 591 1222

• WhatsApp 11 99575–2096

Confira sete dicas para deixar as contas em ordem

1) Organize as contas

Organize as finanças para visualizar o valor das suas despesas, pelo menos, pelos próximos três meses, incluindo todas as dívidas já existentes.

2) Calcule sua reserva

De acordo com o que você tem de reserva financeira disponível e com as previsões de entradas no caixa, saberá quanto pode destinar ao pagamento das despesas já existentes.

3) Procure os credores

Procure todos os credores e proponha uma renegociação de acordo com a possibilidade de pagamento mensal. Se for necessário, proponha aumento no prazo e diminuição no valor mensal das parcelas.

4) Priorize pagamentos

Priorize o pagamento das dívidas relacionadas a serviços essenciais ou daquelas que tenham uma taxa de juros mais alta (como cartão de crédito e cheque especial). Essas devem ser liquidadas primeiro.

5) Entenda os contratos

Reveja os contratos assinados com seus credores: em muitos casos já existem cláusulas que preveem medidas especiais em casos extraordinários como desemprego. Se o documento contemplar algo nesse sentido, você poderá utilizar essa cláusula para recorrer ao credor.

6) Avalie seus gastos

Reveja seus gastos e seu custo de vida. Isso pode ajudar a evitar que se contraiam novas dívidas.

7) Corte despesas supérfluas

Identifique as despesas que podem ser cortadas nesse período para que você tenha mais recursos para liquidá-las.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.