Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Motorista de aplicativo suspeito de estuprar e engravidar passageira é preso no RJ

A vítima realizou um aborto legal no Hospital Maternidade Fernando Magalhães, na zona norte da capital

Rio de Janeiro|Do R7


Motorista de aplicativo foi detido por policiais do programa Niterói Presente Divulgação/Niterói Presente

Um motorista de aplicativo, de 39 anos, foi preso, no último sábado (6), por suspeita de estuprar uma passageira durante uma corrida em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

O caso aconteceu em novembro de 2023. Segundo os policiais, ele teria drogado a passageira, de 38 anos, e depois violentado sexualmente a vítima. A mulher engravidou, mas realizou um aborto legal.

Ao receber as informações sobre o mandado de prisão contra o suspeito, os agentes do programa Niterói Presente tentaram prender o suspeito, mas ele conseguiu fugir. Em outra tentativa, o homem foi localizado no bairro de Neves, na mesma região.

Ele foi levado para a 73ª DP (São Gonçalo), onde ficou à disposição da Justiça.

Publicidade

“Se não tem dinheiro, vai pagar de outro jeito”, teria dito o suspeito

O caso aconteceu em 8 novembro de 2023. Acompanhada de duas amigas, a mulher embarcou no carro de aplicativo e foi a última a descer. Em depoimento, a vítima disse suspeitar ter sido drogada, já que estava sem controle dos movimentos.

No dia seguinte, ao recuperar a memória, viu pelo aplicativo que a corrida havia terminado na residência do motorista. Ela se recordou de ter tido dificuldades para realizar o pagamento pelo aplicativo do banco.

Publicidade

O suspeito, então, teria dito: “Se não tem dinheiro, você vai pagar de outro jeito”. A mulher contou que o motorista mandou que ela se sentasse no banco da frente, onde cometeu abuso sexual.

A mulher registrou a ocorrência na delegacia. Ela recebeu o coquetel anti-HIV e a pílula do dia seguinte. Dois meses depois, ao se sentir mal, descobriu a gravidez. A mulher realizou um aborto legal no Hospital Maternidade Fernando Magalhães, em São Cristóvão, na zona norte do Rio.

Publicidade





Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.