Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Polícia Civil realiza operação para prender mandante do assassinato de "Marquinho Catiri", no Rio

Suspeito também seria contraventor e teria mandado matar Marcos Antônio Figueiredo por uma disputa entre os dois

Rio de Janeiro|Bernardo Pinho*, do R7

Marcos Antônio Figueiredo Martins, o “ Marquinho Catiri”
Marcos Antônio Figueiredo Martins, o “ Marquinho Catiri” Marcos Antônio Figueiredo Martins, o “ Marquinho Catiri”

A Polícia Civil realizou, na manhã desta terça-feira (1°), uma operação para prender um homem suspeito de ser o mandante do assassinato de Marcos Antônio Figueiredo Martins, o “Marquinho Catiri”, apontado pela polícia como miliciano. O crime ocorreu em novembro do ano passado, em Del Castilho, na zona norte do Rio.

De acordo com as informações, o suspeito também é contraventor e o homicídio teria sido motivado por uma disputa entre os dois. Outro homem foi morto durante o ataque, que teria o envolvimento de pelo menos 10 suspeitos.

Em outras operações, dois outros envolvidos no crime foram presos por agentes da Delegacia de Homicídios da Capital. Um dos homens foi preso no estado de São Paulo, e o outro na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.

· Compartilhe esta notícia no Whatsapp

Publicidade

· Compartilhe esta notícia no Telegram

Marquinho Catiri foi preso por agentes da Draco (Delegacia de Repressão as Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais) em 2018, em uma academia que frequentava dentro de um shopping em Del Castilho, mas foi solto posteriormente.

Publicidade

Segundo a polícia, a quadrilha comandada por Marco Antônio lucrava explorando vans, impondo segurança clandestina a moradores, pequenos comerciantes e empresas, oferecendo instalações clandestinas de TV a cabo e comercializando terrenos irregulares. O grupo também é apontado como responsável por homicídios.

*Sob a supervisão de PH Rosa

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.