Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Rio proíbe o uso de celulares durante aulas da rede municipal

Decreto se baseia em relatório da Unesco que aponta que o tempo prolongado de exposição às telas pode afetar a aprendizagem

Rio de Janeiro|Gabriel Vital*, do R7

Crianças devem manter celulares na mochila dentro de sala
Crianças devem manter celulares na mochila dentro de sala Crianças devem manter celulares na mochila dentro de sala

A Prefeitura do Rio de Janeiro publicou um decreto no Diário Oficial, nesta segunda (7), que proíbe o uso de celulares nas salas de aula da rede municipal.

Os aparelhos eletrônicos devem ser mantidos desligados ou em modo silencioso dentro da mochila.

Fora do ambiente de aula, o celular também não deve ser utilizado quando houver explanação do professor ou realização de trabalhos individuais ou em grupo.

Caso haja descumprimento, o professor tomará medidas em sala ou acionará a equipe gestora da unidade.

Publicidade

A determinação ressalta que o uso de dispositivos eletrônicos pode ser permitido em caso de autorização do professor para fins pedagógicos, tais como pesquisas, leituras e acesso ao material Rioeduca.

A medida não vale para alunos com deficiência ou com problemas de saúde que necessitem dos aparelhos para monitoramento ou auxílio de sua necessidade.

Publicidade

A decisão traz como justificativa o recente relatório da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). O estudo mostra que o tempo prolongado de exposição de telas pode estar associado à piora do bem-estar, menor curiosidade, autodisciplina e estabilidade emocional, além de diagnósticos de depressão e ansiedade.

"O uso dos celulares atrapalha a concentração e prejudica diretamente a aprendizagem. É como se o aluno saísse de sala toda vez que vê uma notificação. Não tem como prestar atenção e aprender de forma plena assim. Além disso, a escola é lugar de socialização, e ficar no celular atrapalha a convivência social, deixa a criança isolada em sua própria tela", afirmou o secretário de Educação, Renan Ferreirinha.

Publicidade

O uso dos celulares já foi proibido em diversos países, entre eles México, Portugal, Espanha, Suíça, Estados Unidos, Holanda, Letônia e Escócia.

· Compartilhe esta notícia no WhatsApp

· Compartilhe esta notícia no Telegram

*Sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.