Rio de Janeiro RJ: decretada prisão preventiva de suspeito de matar menino em festa

RJ: decretada prisão preventiva de suspeito de matar menino em festa

Douglas Enzo morreu após ser baleado durante a comemoração de aniversário de quatro anos. Suspeito alegou que disparo foi acidental

  • Rio de Janeiro | Raíza Chaves, do R7*

Menino foi baleado na festa de aniversário

Menino foi baleado na festa de aniversário

Record TV

O suspeito de matar o menino Douglas Enzo, de quatro anos, teve a prisão preventiva (sem prazo) decretada pela Justiça nesta terça-feira (9). A decisão é do juiz Ivo Martins Caruso D’ippolito, da Central de Custódia.

A criança foi atingida supostamente por um disparo acidental durante a própria festa de aniversário, no último domingo (7), no bairro Piabetá, em Magé, na Baixada Fluminense.

Testemunhas disseram que o suspeito ainda tentou fugir, mas foi contido por pessoas que estavam no local. 

Veja também: Caso João Pedro: Polícia Civil adia reprodução simulada da morte

Para a Justiça, a prisão é necessária para a garantia da ordem pública por "haver periculosidade concreta do custodiado".

O magistrado ressaltou que o suspeito "permaneceu portando uma arma de fogo municiada em uma residência com diversas pessoas, incluindo criança".

O homem é investigado pelos crimes de homicídio culposo (quando não há intenção de matar) e por porte ilegal de arma de fogo com numeração raspada.

*Sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas