Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

RJ: suspeito de matar e jogar corpo de pré-candidata em rio é preso

Em depoimento, o preso confessou a participação no homicídio da pré-candidata a vereadora de Magé. Crime ocorreu em agosto deste ano

Rio de Janeiro|Do R7


Preso confessou a participação no crime
Preso confessou a participação no crime

Um homem suspeito de assassinar Sandra Silva, pré-candidata a vereadora de Magé, na Baixada Fluminense, foi preso nesta terça-feira (6) por policiais da DHBF (Delegacia de Homicídio da Baixada Fluminense). O crime ocorreu no dia 30 de agosto deste ano.

Leia também: Ação da Polícia Civil prende suspeito de latrocínio contra PM no Rio

Em depoimento, o preso confessou a participação no homicídio e narrou com detalhes a ação criminosa e motivação.

De acordo com a Polícia Civil, o preso não agiu sozinho e outros dois suspeitos já foram identificados. Eles seriam traficantes de drogas que operavam na região onde Sandra, também conhecida como Tia Sandra, morava.

Publicidade

Os criminosos invadiram a casa da vítima e a atingiram com armas de fogo. Em seguida o trio jogou o corpo de Sandra em um rio da região. Toda a ação teria tido a autorização do chefe do tráfico local. 

Leia também: RJ: PRF apreende carga de cocaína avaliada em R$ 50 mi em Resende

As investigações revelaram que o crime foi motivado por desavenças da vítima com os traficantes, que suspeitavam que ela fornecia informações a policiais, além do fato de que a candidata dizia que denunciaria o tráfico de drogas na localidade caso fosse eleita.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.