Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Tenente-coronel condenado pela morte da juíza Patricia Acioli é demitido da PM no RJ

Decisão foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (23). Dez anos após o crime, Claudio Luiz de Oliveira ainda recebia salário

Rio de Janeiro|Do R7


Claudio Luiz foi acusado de ser o mandante do crime
Claudio Luiz foi acusado de ser o mandante do crime

Condenado pela morte da juíza Patrícia Acioli, o tenente-coronel Claudio Luiz Silva de Oliveira foi demitido da Polícia Militar. A decisão foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (23) e assinada pelo governador do Rio, Cláudio Castro.

Ex-comandante do Batalhão de São Gonçalo, na região metropolitana, Claudio Luiz foi acusado de ser o mentor do crime e recebeu uma pena de 36 anos de prisão. Dez anos após o assassinato, ele ainda recebia salário da corporação: quase R$ 40 mil por mês.

O crime aconteceu em 2011. A juíza Patrícia Acioli foi morta com 21 tiros em uma emboscada na frente de casa em Piratininga, em Niterói. A magistrada trabalhava na 4ª Vara Criminal de São Gonçalo e atuava em diversos processos que tinham PMs da região como alvos.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.