Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Africanos lideram ranking de estrangeiros presos com drogas no aeroporto de Guarulhos em 2023

Nos sete primeiros meses deste ano, autoridades já apreenderam mais de 1,7 tonelada de entorpecentes, com destaque para cocaína

São Paulo|Do R7

Maconha e cocaína são as drogas mais apreendidas
Maconha e cocaína são as drogas mais apreendidas Maconha e cocaína são as drogas mais apreendidas

A Polícia Federal prendeu 231 pessoas por tráfico de drogas no aeroporto de Guarulhos (SP) nos sete primeiros meses deste ano. Dos detidos, cerca de cinco em cada dez foram brasileiros. Já entre os estrangeiros, as pessoas nascidas na África lideraram a lista, com 67 prisões – 29% do total.

Segundo os dados enviados pela PF a pedido do R7, entre os africanos, foram presos 26 nigerianos, 12 sul-africanos e 11 angolanos desde o mês de janeiro até julho de 2023.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

Em comparação ao mesmo período de 2022, a quantidade de africanos presos por tráfico continua estável. O número de brasileiros detidos, entretanto, subiu de 78 para 110. A lista da Polícia Federal também possui prisões de nove sul-americanos e 45 pessoas de outros continentes, como Europa e Ásia.

Até o mês de julho, foram apreendidas 1,7 tonelada de drogas no aeroporto de Guarulhos, sendo 1,4 tonelada na bagagem ou corpo de passageiros e cerca de 300 kg em cargas ou por outros meios.

Publicidade

O entorpecente mais apreendido nos sete primeiros meses de 2023 foi a cocaína (90,6% do total), seguido por maconha (4,7%), meta/anfetamina (2,3%), skunk (2%) e haxixe (0,4%).

Em apenas nove das 231 prisões o voo não tinha como origem o Brasil, enquanto em somente 14 o destino final era alguma cidade brasileira. Com estaque para as importações de metanfetamina do México (três) e derivados da maconha de Portugal (duas).

Publicidade

Se a Polícia Federal mantiver a média de apreensão de drogas destes sete primeiros meses, a instituição terá no final do ano a segunda maior marca da história do aeroporto de Guarulhos, ficando atrás apenas de 2018, quando apreendeu 3,8 toneladas.

Chocolates, latas e sandálias: veja onde traficantes escondem drogas para embarcar em aeroporto de SP

" gallery_id="64ba8ace19d22433e7001086" url_iframe_gallery="noticias.r7.com/sao-paulo/africanos-sao-estrangeiros-mais-presos-com-drogas-no-aeroporto-de-guarulhos-em-2023-18082023"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.