Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Motoristas de app fazem greve e pedem remuneração mais justa por corrida: 'Mínimo R$ 10 ou cancelo'

Colaboradores exigem reajuste de tarifas, seguro de saúde e de vida e a melhoria da proteção contra assaltos nas áreas urbanas

São Paulo|Augusta Ramos, da Agência Record


Motoristas em frente ao escritório da Uber, em Campinas (SP)
Motoristas em frente ao escritório da Uber, em Campinas (SP)

Motoristas de carros por aplicativos realizam carreata em diversos pontos de São Paulo, na manhã desta segunda-feira (15). A principal reivindicação é uma remuneração mais justa, com menores taxas e um valor mínimo de R$ 10 por corrida.

Um dos grupos está reunido na avenida Orvalho do Sol, Cidade Dutra, na zona sul da capital paulista, e deve se deslocar para a rua Verbo Divino, em Santo Amaro, na mesma região.

Em entrevista à Record TV, um representante dos manifestantes, identificado como Alexandre, afirmou que é necessário o reajuste de tarifas, que inicialmente eram de 25%, mas que, segundo ele, aumentaram para 30%, 40% e até 60%.

Segundo a AMASP (Associação de Motoristas de Aplicativos de São Paulo), as demandas incluem a diminuição da comissão cobrada pelas plataformas e uma cobrança adicional por cada parada solicitada durante a corrida.

Publicidade

Além disso, o protesto pede a mudança do valor mínimo de R$5,60. "Mínimo de 10 reais ou eu cancelo", está escrito nos cartazes que eles seguram na rua.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia no Telegram

De acordo com Alexandre, nenhum dos aplicativos — incluindo a Uber, 99 e InDriver — entrou em contato com eles. O manifestante espera que protestos ocorram em outros pontos de São Paulo, incluindo no bairro Pacaembu, na zona oeste, e não descartou a possibilidade de haver uma paralisação total.

Publicidade

Além das questões financeiras, os trabalhadores também solicitam a disponibilização de um seguro de saúde e de vida e a melhoria da proteção contra assaltos e violência nas áreas urbanas.

Até o momento, a FENASMAPP (Federação Nacional dos Sindicatos de Motoristas por Aplicativo) não se posicionou em suas redes sociais. Solicitamos uma nota de posicionamento para a Uber, para a 99 e para o InDriver, mas não obtivemos resposta.

Motorista deve ficar atento para não gastar mais ao abastecer o carro

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.