Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Mulher morre após ser atropelada por ônibus na zona leste de São Paulo; veja vídeo

Segundo boletim de ocorrência, a vítima, de 31 anos, atravessava na faixa corretamente; motorista disse que não a viu devido ao sol

São Paulo|Augusta Ramos, da Agência Record


Uma mulher de 31 anos morreu após ter sido atropelada por um ônibus na avenida Amador Bueno da Veiga, na Penha, zona leste de São Paulo, por volta das 7h30 desta terça-feira (23). O motorista, de 64 anos, foi preso em flagrante.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

A vítima, Cinthya Montiel Barbosa, trabalhava em uma empresa de contabilidade no Brás, no centro, e estava atravessando a faixa de pedestres a caminho do trabalho quando foi atropelada por um ônibus da SPTrans.

Publicidade

Segundo o boletim de ocorrência, a mulher esperou o sinal de pedestres ficar verde para poder atravessar. Porém, acabou atropelada pelo motorista do coletivo, que alegou não tê-la visto, uma vez que o sol prejudicou sua visão da via.

Marcos acionou o socorro, mas Cynthia morreu ainda no local. Ao chegar ao endereço, a PM localizou apenas o motorista.

Publicidade

Os agentes realizaram o teste do bafômetro e não constataram a presença de álcool no organismo do condutor, que alegou ainda que estava diminuindo a velocidade para não atingir um carro que trafegava pela via e estava concentrado nessa ação.

A perícia mostra que o semáforo dos veículos tem um sistema que muda do amarelo para o vermelho após uma pausa com cerca de quatro segundos, e depois disso há mais quatro segundos para que ocorra a mudança no farol dos pedestres do vermelho para o verde. 

Publicidade

A polícia teve acesso às imagens de câmeras de segurança que flagraram o atropelamento e que confirmam que Cinthya atravessou da forma correta.

De acordo com Calvin, tio da vítima, houve uma demora de cerca de dez horas para a realização de exames necroscópicos no Instituto Médico-Legal (IML), pois a unidade aguardava a delegacia terminar o registro da ocorrência e liberar o corpo para a necrópsia.

O corpo de Cinthya foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) Leste, e o velório dela acontecerá no Cemitério da Saudade, em São Miguel Paulista, na manhã desta quarta-feira (24).

O sepultamento será realizado no mesmo cemitério, na sequência.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.