Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

SP: redução de velocidade em trechos das linhas 8 e 9 vai até agosto

Desde março, por questões de segurança, foi adotada a estratégia de redução de velocidade de trens em 60 pontos críticos mapeados

São Paulo|Do R7


Desde janeiro de 2022, a ViaMobilidade assumiu a gestão das linhas 8 e 9
Desde janeiro de 2022, a ViaMobilidade assumiu a gestão das linhas 8 e 9

A ViaMobilidade, concessionária que administra as linhas 8–Diamante e 9–Esmeralda, espera concluir até agosto todas as ações para a correção geométrica (alinhamento e nivelamento de via), o que permitirá retirar a restrição de velocidade em toda a extensão de ambas as linhas.

Na madrugada desta sexta-feira (19), o serviço de manutenção foi finalizado entre as estações Imperatriz Leopoldina e Presidente Altino, da Linha 8, o que possibilitou a retomada da velocidade de 80 km/h no trecho, que estava restrito ao limite de 40 km/h.

Desde março, por questões de segurança, foi adotada a estratégia de redução de velocidade em 60 pontos críticos mapeados durante inspeções feitos pela empresa. A velocidade normal, até o momento, foi retomada em um total de dez pontos.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia no Telegram

"A previsão é concluir todas as ações necessárias até agosto, o que permitirá retirar a restrição de velocidade em toda a extensão das duas linhas", afirma a ViaMobilidade.

Publicidade

No fim de março, um trem da linha 8-Diamante descarrilouna região da estação Júlio Prestes, na zona oeste da cidade. De acordo com a concessionária, ocorreu uma falha em um equipamento chamado assistente de mudança de via. Não houve feridos, mas a circulação dos trens ficou interrompida em algumas estações ao longo daquele dia.

"A previsão é concluir todas as ações necessárias até agosto, o que permitirá retirar a restrição de velocidade em toda a extensão das duas linhas", afirma a ViaMobilidade.

Publicidade

Além da linha 8-Diamante, a linha 9-Esmeralda também passou a ser gerenciada pela ViaMobilidade em janeiro de 2022. Desde então, reclamações de usuários sobre falhas nas linhas têm sido registradas. Antes, elas eram administradas pela própria CPTM.

Ainda em dezembro do ano passado, um trem da linha 8-Diamante descarrilou, carregado de passageiros, próximo à plataforma da estação Domingo de Moraes, na zona oeste da capital paulista, no sentido Itapevi. Na ocasião, segundo a ViaMobilidade, não houve feridos, mas a plataforma no sentido Itapevi ficou inoperante por causa do acidente.

Conforme a concessionária, ao menos R$ 1,7 bilhão já foram investidos em melhorias nas duas linhas. Estima-se ainda que o valor chegue a R$ 4 bilhões nos três primeiros anos.

Relembre o caos no transporte: falhas na ViaMobilidade, cratera no Metrô e gratuidade para idosos

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.