Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Usuários enfrentam longas filas para resolver falha no Bilhete Único em SP

O acúmulo de passageiros ocorre em variados postos da SPTans, como no Jabaquara e em Santana; 40 mil pessoas foram afetadas

São Paulo|Julia Girão, do R7*

Fila para atendimento em posto da SPTrans em Santana, na zona norte de São Paulo
Fila para atendimento em posto da SPTrans em Santana, na zona norte de São Paulo Fila para atendimento em posto da SPTrans em Santana, na zona norte de São Paulo

Usuários do transporte público da capital paulista estão enfrentando longas filas para trocar o Bilhete Único depois que uma falha técnica da SPTrans afetou 40 mil cartões do sistema. O problema começou na noite de sexta-feira (30).

Grandes filas estão sendo vistas em postos da SPTrans nesta segunda-feira (3), como os das estações Jabaquara e Santana, na linha 1-Azul do Metrô. Veja a lista de postos de atendimento.

A passageira Adriany Moreira Leite, de 24 anos, teve a ida ao trabalho na manhã desta segunda atrapalhada pelo bloqueio do cartão. Ao R7, ela afirmou que chegou atrasada ao serviço e só conseguiu passar pela catraca porque um fiscal do Metrô a deixou entrar. 

Wenderson Alves, de 26 anos, percebeu no sábado (1º) que o bilhete estava bloqueado, após ter recarregado cerca de R$ 150. Desde então, vem convencendo os motoristas dos ônibus a lhe dar uma "carona". O assistente de atendimento chegou a ir, nesta manhã, à estação Jabaquara, mas decidiu não ficar lá porque as filas estavam muito grandes. "Eu tinha que trabalhar, então não pude ficar."

Publicidade

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

Nas redes sociais, usuários relataram como estão as filas: 

Em nota, a SPTrans lamentou o ocorrido e informou que os Bilhetes Únicos afetados serão trocados. Leia na íntegra: 

Publicidade

A SPTrans identificou que por conta de uma falha técnica um lote de cerca de 40 mil cartões do Bilhete Único está sendo bloqueado nas catracas dos ônibus desde a noite de sexta-feira, 30 de junho. Aos passageiros afetados, a SPTrans pede desculpas e informa que todos os cartões serão trocados gratuitamente.

Desde que a questão foi constatada, as equipes técnicas da SPTrans trabalham para reduzir a abrangência ao menor número de cartões possível e, paralelamente, para atender todos os usuários cujos cartões foram bloqueados. A SPTrans já solicitou reforço no atendimento dos postos de toda a cidade.

Os passageiros cujos bilhetes forem bloqueados deverão comparecer a um posto de atendimento da SPTrans para análise e, caso ele tenha sido afetado pela falha, será emitida uma segunda via sem custos. Os endereços dos postos de atendimento podem ser encontrados no site.

*Sob supervisão de Márcio Pinho

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.