Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Vídeo: segurança agride mulher com rasteira em supermercado, e vítima cai de cabeça no chão

Dois funcionários envolvidos na agressão foram demitidos por justa causa, informou a gestão do estabelecimento

São Paulo|Edilson Muniz e Geovanna Hora, da Agência Record


Uma mulher foi vítima de agressão dentro de um supermercado, em Guarulhos, região metropolitana de São Paulo, na noite desta quinta-feira (9).

O caso aconteceu no Supermercado Vila Nova, no Jardim Bom Clima, no município da Grande São Paulo.

Imagens gravadas por um cliente exibem dois seguranças do supermercado encurralando uma mulher contra a parede, quase no estacionamento do local. Segundo um dos gerentes do local, Ademir de Araújo Franco, a mulher já havia furtado produtos duas vezes na semana.

Na quinta (9), a mulher teria furtado duas peças de carne seca. Os seguranças flagraram a ação e foram tentar recuperar os produtos, mas se excederam e começaram as agressões.

Publicidade

A mulher chega a ajoelhar, momento em que um dos homens, de camisa preta, puxa pelo braço e chuta a perna dela, dando uma "rasteira" na mulher.

Na sequência, a mulher cai de cabeça no chão e um dos seguranças do local joga algo parecido com uma sacola na direção dela.

Publicidade

O segurança começa a gesticular para a mulher novamente enquanto eles discutem, ainda enquanto ela está no chão. Neste momento, o homem coloca a mão na cintura, dando a entender que pode ter algo acoplado no corpo.

Após o homem colocar a mão na cintura, a mulher, com dificuldades, se levanta e vai embora, enquanto o homem a segue. O vídeo acaba e não é possível visualizar o que acontece posteriormente.

Em nota, o Fonte Nova Supermercado "lamenta o incidente na unidade do Bairro Bom Clima e reafirma seu compromisso de repudiar e não compactuar com qualquer tipo de comportamento agressivo ou violento, seja ele verbal ou físico, em qualquer situação ou local".

O Fonte Nova ainda afirma que o está apurando o caso para tomar as providências necessárias. O gerente afirmou que os seguranças foram demitidos por justa causa ainda ontem de manhã (10). O caso deve ser registrado no 6° Distrito Policial de Guarulhos.

Caso deve ser registrado no 6° Distrito Policial de Guarulhos
Caso deve ser registrado no 6° Distrito Policial de Guarulhos

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.