Coronavírus BH bate 89% de ocupação nas UTIs e tem todos indíces no vermelho

BH bate 89% de ocupação nas UTIs e tem todos indíces no vermelho

Diante piora nos números da pandemia, prefeito Alexandre Kalil (PSD) deve anunciar novas restrições nesta sexta-feira (12)

  • Coronavírus | Pablo Nascimento e Célio Ribeiro*, do R7

BH tem todos os índices da pandemia no 'vermelho'

BH tem todos os índices da pandemia no 'vermelho'

Divulgação / PBH

Belo Horizonte registrou, nesta quinta-feira (11), altas em todos os índices de monitoramento da covid-19. Com isso, a capital passou a ter todos os indicadores no 'vermelho'.

A ocupação dos leitos intensivos passou de 86,1 para 89,4%, o que indica que 71 dos 668 quartos de UTI estão livres no momento. Em menos de uma semana, a capital abriu 93 novos leitos intensivos, mas nem isso foi capaz de frear a alta nos índices.

Veja: CDL compreende fechamento em BH mas pede ações da prefeitura

A ocupação dos leitos de enfermaria subiu quatro pontos percentuais, passando de 71,6% para 75,6%, indicando a vacância de 357 quartos. A taxa de transmissão passou de 1,19 para 1,22, retornando à ‘fase vermelha’ após pouco mais de uma semana. O indicador aponta um aumento na circulação do vírus na cidade.

Nas últimas 24 horas, foram confirmados 10 óbitos e 914 testes positivos para o novo coronavírus. A capital mineira contabiliza 2.869 mortes e 120.837 casos confirmados da doença, além de 112.120 curados e outros 5.848 pacientes em acompanhamento.

O Prefeito Alexandre Kalil (PSD) convocou uma coletiva de imprensa para sexta-feira (12). A expectativa é de que a prefeitura anuncie novas restrições.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Pablo Nascimento

Últimas