Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Covid: saiba quais países impuseram restrições a viajantes vindos da China

Nações estabeleceram novas restrições sanitárias para os visitantes, como teste PCR negativo feito antes ou após a chegada ao território

Saúde|Do R7


Países estão impondo restrições ao desembarque de viajantes da China
Países estão impondo restrições ao desembarque de viajantes da China

Cerca de 15 países e territórios impuseram novas restrições sanitárias ao ingresso de viajantes procedentes da China, país mais populoso do mundo e que enfrenta um surto de Covid-19 após flexibilizar sua rígida política sanitária.

Confira abaixo uma lista dos países que exigem teste negativo de Covid ou que impõem outras regras para chegadas da China:

Estados Unidos

A partir desta quinta-feira (5), os Estados Unidos exigem, para ingresso em seu território, a apresentação de um teste de Covid negativo, feito obrigatoriamente 48 horas antes da saída da China, ou um certificado que comprove que o viajante contraiu a doença nos 90 dias anteriores ao embarque.

A autoridade de saúde dos EUA aceita teste de PCR ou autoteste de antígeno administrado e verificado por um provedor autorizado ou por um serviço de telemedicina.

Publicidade

Essas regras também se aplicam a viajantes de Hong Kong e Macau.

União Europeia

A partir desta quinta-feira (5), na França, os passageiros procedentes da China devem apresentar um teste de PCR negativo ou teste rápido de antígeno feito menos de 48 horas antes do voo.

Publicidade

Itália e Espanha também impuseram a obrigatoriedade de um teste de Covid para autorizar o ingresso, assim como Alemanha e Áustria, que exigem "pelo menos um teste rápido de antígeno".

Leia também

Nesta semana, a União Europeia declarou que "pede fortemente" a seus Estados-membros que exijam testes de coronavírus a passageiros procedentes da China e que sejam submetidos a um teste em sua chegada.

Publicidade

Na tarde da quarta-feira (4), a Bélgica decidiu impor a apresentação de um teste negativo para Covid aos passageiros que fizeram um voo direto entre a China e o país, sem especificar quando a medida entrará em vigor.

Já a Suécia anunciou hoje que os viajantes procedentes da China deverão mostrar um teste de Covid-19 negativo a partir de 7 de janeiro. Alguns passageiros, como cidadãos suecos e residentes da União Europeia, estarão isentos.

Austrália

A Austrália também pede a visitantes procedentes da China, incluindo Hong Kong e Macau, que apresentem um teste negativo de Covid-19 antes de seu ingresso, citando a "falta de informação completa" por parte de Pequim sobre esta onda de casos.

Canadá

Ottawa pede aos viajantes procedentes da China que mostrem um teste negativo de Covid feito dois dias antes de saírem da China.

Reino Unido

A partir desta quinta-feira (5), todos os passageiros que viajarem da China para o Reino Unido terão de apresentar um teste negativo antes de embarcarem no avião.

O governo britânico disse ainda que vai impor testes em "amostras" de viajantes na chegada para monitorar o aparecimento de novas variantes.

Israel

Israel exige teste de Covid-19 a estrangeiros procedentes da China, com um centro de testagem "voluntário".

Japão

O Japão foi um dos primeiros países a impor novas regras aos viajantes procedentes da China, com a obrigatoriedade de apresentar um teste negativo de Covid-19.

Quem tiver teste positivo deverá aguardar sete dias de quarentena em uma instalação designada, e Tóquio limitará a chegada de voos da China continental.

A partir do domingo (8), as autoridades japonesas também testarão passageiros que chegarem da China.

Taiwan

A ilha de Taiwan, considerada pela China parte de seu território, também exige testes de Covid-19. Segundo a agência de notícias estatal CNA, viajantes oriundos do território continental deverão fazer teste de saliva ao chegar.

Coreia do Sul

A Coreia do Sul também tomou medidas em relação aos viajantes da China, exigindo a apresentação de um teste negativo antes e após sua chegada.

Quem chegar de Hong Kong e Macau será submetido à mesma medida.

Gana

Gana é o primeiro país africano a impor restrições aos visitantes da China.

Seu Ministério das Relações Exteriores informou que, a partir desta sexta-feira (6), todas as pessoas que vierem da China terão de apresentar um teste negativo feito antes da partida e passar por outro teste na chegada.

Índia

As autoridades exigem dos visitantes da China e de outros países da Ásia um teste negativo feito menos de 72 horas antes da partida.

Catar

O Catar pede aos viajantes da China que apresentem um teste negativo de PCR feito menos de 48 horas antes da partida, disse o Ministério da Saúde do país do Golfo.

Quem estiver infectado será isolado, de acordo com a agência de notícias QNA.

Marrocos

O Marrocos adotou algumas das medidas mais rígidas, ao proibir a entrada em seu território de todos os viajantes procedentes da China.

A proibição entrou em vigor na terça-feira (3) e será mantida até novo aviso, "para evitar uma nova onda de contágios no Marrocos", declarou seu Ministério das Relações Exteriores.

Conheça as 20 piores dores que o ser humano pode sentir

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.