Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Tecnologia e Ciência
Publicidade

Dono do Facebook é criticado por não ir ao Parlamento britânico

Parlamentares de diversos países criticaram a ausência de Mark Zuckerberg em uma audiência para discutir o vazamento de dados da rede social

Tecnologia e Ciência|Do R7


Mark Zuckerberg decidiu não ir a uma audiência no Parlamento britânico
Mark Zuckerberg decidiu não ir a uma audiência no Parlamento britânico

O Facebook foi criticado por parlamentares de diversos países nesta terça-feira (27), que acusaram a empresa de enfraquecer instituições democráticas e repreenderam o fundador e presidente da empresa, Mark Zuckerberg, por não responder perguntas sobre o tema.

Leia também

O Facebook está sendo investigado por parlamentares do Reino Unido após a consultoria Cambridge Analytica, que trabalhou na campanha presidencial de Donald Trump, obter sem autorização dados pessoais de 87 milhões de usuários da rede social.

Preocupações sobre as práticas da gigante de redes sociais, o papel de anúncios políticos e possível interferência na votação do Brexit em 2016 e nas eleições dos EUA estão entre os temas sendo investigados por reguladores europeus e britânicos.

Enquanto o Facebook afirma que cumpre as leis de proteção de dados da UE, um painel especial de parlamentares de diversos países em Londres criticou Zuckerberg por se negar a aparecer pessoalmente para questionamentos sobre o tema.

Publicidade

"Nunca vimos nada como o Facebook, enquanto brincávamos nos nossos celulares e aplicativos, nossas instituições democráticas parecem ter sido viradas por garotos bilionários de fraternidades da Califórnia", disse o parlamentar canadense Charlie Angus.

"Então a decisão do sr. Zuckerberg de não aparecer aqui em Westminster (Parlamento britânico) me diz muita coisa."

Leia também: Aprenda 5 maneiras para ter uma conta mais segura no Facebook

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.