Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Tecnologia e Ciência
Publicidade

Facebook se une a museu para lembrar vítimas do Holocausto

Rede social permite vincular o nome dos usuários com o de uma vítima do massacre por ocasião do dia internacional de lembrança do genocídio judeu

Tecnologia e Ciência|Do R7


Durante os últimos 65 anos, este museu esteve dedicado a restaurar as identidades de judeus
Durante os últimos 65 anos, este museu esteve dedicado a restaurar as identidades de judeus

Com o objetivo de auxiliar a conservar a memória do Holocausto, a rede social Facebook permite desde esta quinta-feira (24) vincular o nome dos usuários com o de uma vítima do massacre, em um projeto conjunto com o Museu do Holocausto (Yad Vashem) por ocasião do dia (27) internacional de lembrança do genocídio judeu.

Leia também: Executiva do Facebook diz que Mark Zuckerberg deveria seguir como CEO

A iniciativa "The IRemember Wall" (O Muro do Eulembro), os usuários do Facebook tem fotos de capa vinculadas com os nomes de uma vítima da Shoah (Holocausto, em hebraico).

Leia também

Uma base de dados com 4,8 bilhões de identidades foi criada especialmente para o projeto, também do Facebook, "Unto Each Person There is a Story" (Para cada pessoa há uma história) e será apresentada em maio, quando Israel comemora (2) o dia da lembrança das vítimas, segundo o calendário judeu.

Publicidade

"Mantemos uma presença ativa nas redes sociais, nas plataformas de hoje para o discurso contemporâneo. O novo projeto conjunto com o Facebook Israel permitirá que o público em geral se conecte com os nomes e histórias dos judeus assassinados durante o Holocausto", declarou o presidente do Yad Vashem, Avner Shalev, em comunicado.

Durante os últimos 65 anos, este museu e centro de pesquisa esteve dedicado a restaurar as identidades e a memória dos seis milhões de judeus que foram assassinados de forma sistemática e premeditada pelo regime nazista.

Publicidade

Shalev afirma que um milhão e meio de vítimas seguem sem ter sido identificadas, por isso que uma de suas principais atividades se centra em recuperar nomes e identidades.

Cientista desvenda antigo mistério sobre planeta do Sistema Solar

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.