Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Tecnologia e Ciência
Publicidade

Você carregou seu telefone errado a vida inteira! Veja essas dicas

Não deixar carregando a noite inteira é a primeira sugestão

Tecnologia e Ciência|Filipe Siqueira, do R7


Evite deixar que as baterias descarreguem completamente
Evite deixar que as baterias descarreguem completamente

É provável que seu telefone tenha um problema de bateria. Não um problema técnico, ela simplesmente não dura o que você precisa. Embora tal questão envolva muito mais o tamanho e o peso dos smartphones e a impossibilidade espacial das baterias serem maiores, existem coisas que você pode fazer para evitar que sua bateria dure menos de um dia.

Uma dica é como carregar sua bateria. A lógica parece mandar você esperá-la chegar à zona de economia (geralmente algo em torno de 15%) e depois carregá-la até os 100% ininterruptamente. Ou deixar carregando durante a noite para, no dia, seguinte pegar o aparelho com 100%.

Como você sabe que baterias de lítio não viciam (vício de bateria, também conhecido como efeito memória, é exclusivo das baterias de níquel cádmio), então não existe problema em carregar todo esse tempo, certo?

LEIA TAMBÉM

Publicidade

Descubra quais aplicativos devoram a bateria do seu smartphone

Não deixa o celular morrer! Conheça sete aplicativos que te ajudam a poupar a bateria do smartphone

Publicidade

Samsung divulga vídeo sobre processos de segurança das baterias dos Galaxy S8 e S8+

Bem, errado. A empresa Cadex, especializada em dispositivos médicos de alta precisão, publicou um estudo no site Battery University sobre carregamento de baterias de íons de lítio, com o mesmo princípio das baterias dos nossos smartphones. Os conselhos são mais ou menos simples e podem ser facilmente entendidos.

Publicidade

O primeiro passo é entender que baterias do tipo não precisam chegar aos 100%. De certa forma, é até melhor que elas não cheguem aos 100% de carregamento. Tudo porque, quando chegam ao limite, a bateria precisa lidar com a energia extra e se livrar dela, num processo que impede mais energia para evitar superaquecimento ou até fogo. Isso exige bastante da bateria e é melhor evitar essa situação.

Outras dicas da empresa incluem carregar no modo avião para diminuir o tempo e evitar usar carregamento pelo USB de um computador, preferindo carregar na parede mesmo e o fato de às vezes o carregador "engana" o aparelho por não carregarem completamente a bateria quando ele avisa estar 100%, então fique atento ao comportamento da bateria logo após carregá-la. É aconselhável também deixar a bateria descarregar completamente uma vez por mês e depois carregá-la até a metade. É outro bom método para evitar desgastes.

E desgastar sua bateria não deve ser a única preocupação. Carregar celular via USB em locais públicos traz consigo riscos invisíveis. Se levar em conta que USB transporta dados juntamente com energia, é recomendável levar em conta que a entrada pode estar modificada por hackers.

O alerta é de Bruno Prado, CEO da UPX Technologies, especializada em segurança digital.

— O problema é que o mesmo fio que conduz energia elétrica também trafega dados, e, por esse motivo, os hackers podem corromper smartphones, tablets e notebooks. Por um processo de comunicação bidirecional chamado de handshake – aperto de mão, em inglês – o aparelho passa e recebe diversas informações como: nome do aparelho, fabricante, número de série, sistema operacional e lista de arquivos, com a possibilidade de coletar ou bloquear os dados em troca de resgate — afirma o executivo.

Mesmo que seja impossível estar 100% seguro, é importante deixar o telefone sempre atualizado e ativar funções de segurança do telefone, como a encriptação de arquivos. O ideal é sempre carregar o telefone em locais mais confiáveis, como em casa ou no trabalho. Caso não haja alternativa, desligue o telefone ou tablet antes de carregá-lo via USB em locais públicos.

Sabemos que dá muito trabalho, mas levar em conta tais dicas pode evitar muitas dores de cabeça ou baterias que choram longe da tomada.

LEIA ABAIXO: Bateria do seu celular está acabando rápido? Facebook (provavelmente) é o culpado

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.