Brasil Cacique Raoni apresenta melhora de infecção, mas segue internado

Cacique Raoni apresenta melhora de infecção, mas segue internado

Líder indígena, de 89 anos, está hospitalizado desde sábado (18), em Sinop, Mato Grosso. Equipe médica aguarda resultados de exames para avaliar alta 

  • Brasil | Do R7

Cacique Raoni, da etnia caiapó, está internado em Sinop

Cacique Raoni, da etnia caiapó, está internado em Sinop

Funai / Divulgação

O cacique Raoni Metuktire, de 89 anos, internado em um hospital de Sinop (MT), apresentou melhora no quadro infeção intestinal.

Segundo boletim divulgado nesta sexta-feira (24), no entanto, ele ainda será submetido a novos exames. 

De acordo com o médico Douglas Yanai, o líder indígena passou a noite "bem" e com a pressão arterial controlada. “Ele já conversa de forma mais ativa com a equipe médica e manifesta sua ansiedade em voltar para o lar. Trabalhamos com a possibilidade de alta nos próximos dias, mas dependemos dos novos resultados dos exames”, disse o médico por meio de nota. 

Em relação ao exame de colonoscopia, que indicou a inflamação intestinal, os médicos aguardam confirmação da análise de uma biópsia. Ele também deve ser submetido a uma nova tomografia do tórax ainda hoje. 

Na segunda-feira (20), o indígena passou por uma transfusão de sangue. Análises laboratoriais revelaram duas úlceras, que causaram hemorragia digestiva e anemia. Ele também foi diagnosticado com depressão.

"Raoni permanece ainda em tratamento para as úlceras gástricas e quadro infeccioso com dieta hipercalórica e hiperprotéica", completa o documento assinado pela equipe de profissionais que acompanham o cacique. 

Últimas