Brasil Dizendo-se ameaçado, Jean Wyllys abre mão de mandato e deixa o país

Dizendo-se ameaçado, Jean Wyllys abre mão de mandato e deixa o país

Deputado federal do PSOL eleito pela 3ª vez diz ser alvo de ameaças de morte.  "Preservar a vida ameaçada é também uma estratégia da luta", tuitou

Dizendo-se ameaçado, Jean Wyllys abre mão de mandato e deixa o país

O deputado federal Jean Wyllys, durante sessão na Câmara

O deputado federal Jean Wyllys, durante sessão na Câmara

Gustavo Lima/28.10.2015/Câmara dos Deputados

Deputado federal eleito pela terceira vez consecutiva, Jean Wyllys (PSOL) revelou, em uma entrevista à "Folha de S.Paulo", publicada no site do jornal nesta quinta-feira (24), que, devido a ameaças que vem sofrendo, desistiu do mandato e está deixando o país para se dedicar à vida acadêmica. 

Após a publicação da entrevista, o deputado eleito confirmou as informações por meio de suas redes sociais. "Preservar a vida ameaçada é também uma estratégia da luta por dias melhores. Fizemos muito pelo bem comum. E faremos muito mais quando chegar o novo tempo, não importa que façamos por outros meios! Obrigado a todas e todos vocês, de todo coração", escreveu ele no Twitter.