Brasil Indústria da Moda é a segunda que mais polui o meio ambiente

Indústria da Moda é a segunda que mais polui o meio ambiente

O Estúdio News desta quarta-feira fala sobre os modos de consumo mais conscientes

Fernanda Simon, Gustavo Toledo e Paulinho Moreira

Fernanda Simon, Gustavo Toledo e Paulinho Moreira

Divulgação

Os números mostram que a forma de fazer e consumir moda hoje é insustentável. Só no Brasil, a estimativa é de que cerca de 175 mil toneladas de resíduos têxteis são descartadas por ano, dos quais apenas 20% são reutilizados ou reciclados. Para falar sobre o assunto, o Estúdio News desta quarta-feira (21) recebe Fernanda Simon, diretora executiva do Instituto Fashion Revolution, e o sócio fundador da ORIBA, Paulinho Moreira.

A moda sustentável, também conhecida como eco fashion, baseia-se em processos não prejudiciais ao ecossistema. Este conceito se aplica a toda a cadeia de produção de um produto, desde a extração da matéria prima até a distribuição e compra.

“É importante que, como cidadão e consumidor, a gente se questione sempre quais são as histórias por traz de cada peça que a gente compra. Porque existem os impactos ambientais, mas tem também os impactos sociais e culturais. O trabalho análogo à escravidão no setor é uma realidade tanto no Brasil como no mundo, então a gente tem que entender também quais são as condições de trabalho”, explica Fernanda Simon.

As alterações dos hábitos de consumo é uma das principais causas do grande impacto desta indústria no meio ambiente. Segundo um estudo feito pela Mckinsey & Company, atualmente consumimos 60% mais roupas do que há 15 anos atrás e cada peça permanece nas gavetas pela metade do tempo de antes.

“Eu acho que o principal está no consumo. Dentro do próprio mercado capitalista isso não é sustentável. Normalmente quando eu vou comprar eu penso em três coisas: eu realmente preciso disso? Quem fez as roupas? Do que ela é feita? Algo feito com material sintético dura menos do que uma fibra natural e ela não vai ter decomposição. É pensar na durabilidade dessas peças e fazer um investimento em algo que você vá usar mais”, conta Paulinho Moreira.

O Estúdio News vai ao ar às quartas-feiras, às 22h, com reprise aos sábados, no mesmo horário. A Record News é sintonizada pelos canais de TV fechada 55 Vivo TV, 78 Net, 32 Oi TV, 14 Claro, 19 Sky e 134 GVT, além do canal 42.1 em São Paulo e demais canais da TV aberta em todo o Brasil.