Brasil Lula teve covid em viagem e ficou de quarentena em Cuba

Lula teve covid em viagem e ficou de quarentena em Cuba

Ex-presidente viajou no dia 21 de dezembro para participar de documentário e precisou ficar em isolamento no país

  • Brasil | Do R7

Ex-presidente Lula voltou ao Brasil nesta quarta-feira (20)

Ex-presidente Lula voltou ao Brasil nesta quarta-feira (20)

Fernando Bizerra/EFE - 15.11.2020

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi diagnosticado com covid-19 no dia 26 de dezembro, após viajar para Cuba, para participar da gravação de um documentário sobre a América Latina, produzido pelo cineasta Oliver Stone. Por causa dos protocolos de segurança em relação a viagens, ele precisou ficar no país e só retornou ao Brasil nesta quarta-feira (20).

Segundo nota divulgada nesta quinta-feira (21) pela assessoria do o ex-presidente, seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde, ele fez testes antes do embarque, no dia 21 de dezembro, todos com resultado negativo para a covid-19. O exame foi repetido no dia 26, com o diagnóstico positivo para a doença.

Ele viajou acompanado da mulher e de sete integrantes de sua equipe. Todos foram submetidos a teste de RT-PCR. Além do ex-presidente, outros membros da equipe tiveram diagnóstico de covid no segundo teste, confirmando serem casos importados através da investigação epidemiológica.

Todos permaneceram em isolamento sob vigilância sanitária, de acordo com diagnóstico, respeitando os protocolos do sistema de saúde cubano. Por estar fora do Brasil, o ex-presidente Lula decidiu comunicar a doença apenas na chegada ao país, para preservar sua família e dos demais infectados.

“Eu e toda minha equipe somos agradecidos à dedicação dos profissionais de saúde e do sistema de saúde pública cubano que estiveram conosco no cuidado diário. Agradeço ao governo de Cuba e a todos que estiveram conosco, de coração",  disse o ex-presidente Lula em nota.  

“Estou preparado pra tomar a vacina, assim que tivermos vacina para todos. Sigo esperando minha vez na fila, com o braço à disposição para tomar assim que puder. E enquanto todos não se vacinam, vou continuar com máscara, evitando aglomerações e passando muito álcool gel”, disse Lula.

Últimas