Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Notícias R7 – Brasil, mundo, saúde, política, empregos e mais
Publicidade

Mãe de autista emociona senadores ao falar do tratamento do filho com ozonioterapia

Brasil|Mariana Londres, de Brasília

Mãe de autista emociona senadores ao falar do tratamento do filho com ozonioterapia
Mãe de autista emociona senadores ao falar do tratamento do filho com ozonioterapia Mãe de autista emociona senadores ao falar do tratamento do filho com ozonioterapia

Sasenazy Daufenbach tem dois filhos. O de nove anos foi diagnosticado com autismo severo que o deixou sem falar. Nesta terça-feira (17), ela fez um relato emocionado durante audiência pública na CAS (Comissão de Assuntos Sociais) do Senado que discutiu a regulamentação da ozonioterapia como procedimento médico no Brasil.

— Eu vim aqui fazer um relato porque eu tenho um filho com autismo severo que não falava e eu vi o meu filho falar papai pela primeira vez após o tratamento com ozonioterapia. E eu lembro do brilho no olhar do meu outro filho, ao ver o irmão menor. O que eu defendo é que todas as crianças tenham acesso ao tratamento que o meu filho teve.

Regulamentar ozonioterapia traz segurança e economia, diz médica

A fala da Mato Grossense, que não é comum em audiências públicas, emocionou os senadores, como a presidente da comissão senadora Marta Suplicy (PMDB-SP).

Publicidade

— Poderíamos discutir números aqui, como fizemos, mas um relato como esse é muito importante. 

Em tratamento com ozonioterapia desde maio deste ano, o filho de Sasenazy apresentou uma grande melhora na qualidade de vida. Além de articular palavras, o que não fazia há alguns anos, ele não teve mais infecções virais, que eram frequentes. Até o sono melhorou. 

Publicidade

— Sentimos melhora também do trato intestinal e os ganhos foram vindo, melhora na atenção também, porque o corpo dele ficou melhor. O que nos mais deixou felizes é que ele era não verbal. Já tinha falado no passado mas voltou a falar e ter interesse em se comunicar. Quando a gente tem uma condição incurável e tem um tratamento que melhora a qualidade de vida, ela não tem preço. 

A audiência pública que acontece nesta terça no Senado é uma discussão prévia para que o projeto de lei do senador Valdir Raupp (PLS 227 de 2017), que regulamenta a ozonioterapia, seja votado. A votação está prevista para esta quarta-feira (18). Se o projeto for aprovado nesta quarta na comissão, por ter caráter terminativo, segue para análise na Câmara dos Deputados.

Publicidade

Segundo a Associação Brasileira de Ozonioterapia, que defende a regulamentação, são diversas as doenças que podem ser tratadas e até mesmo curadas por meio desse tratamento.

Incluem-se aí queimaduras, hérnia de disco, dores articulares decorrentes de doenças inflamatórias crônicas, hérpes simples e zoster, entre outras.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.