Brasil 'Negar o Holocausto é desrespeito', afirma embaixador de Israel

'Negar o Holocausto é desrespeito', afirma embaixador de Israel

Manifestação de Yossi Shelley surge após a recém-empossada governadora de SC, Daniela Reinehr, não se posicionar contra o nazismo

  • Brasil | Do R7

"Brasileiro é amigo do povo judeu", ressalta Shelley

"Brasileiro é amigo do povo judeu", ressalta Shelley

Reprodução/RecordTV

O embaixador do Estado de Israel no Brasil, Yossi Shelley, se posicionou nesta quinta-feira (29) contra posições negacionistas a respeito do Holocausto, que resultou no genocídio de cerca de 6 milhões de judeus durante a Segunda Guerra Mundial.

"Negar o Holocausto é um desrespeito não só ao povo judeu, mas a todas as demais vítimas deste regime. O silêncio nunca será um conforto para as vítimas e tampouco condenação para os nazistas. Holocausto nunca mais", esbravejou Shelley.

A manifestação do embaixador surge após a recém-empossada governadora de Santa Catarina, Daniela Reinehr, não se posicionar contra o nazismo. Shelley afirma que não pode deixar de se posicionar "diante da relevância e responsabilidade do cargo público que a mesma exerce".

Leia mais: Daniela Reinehr assume governo de SC e promete ligação com Bolsonaro

"Estou satisfeito com sua resposta, mas espero que sua retratação mediante a pressão justa da comunidade judaica seja, daqui para a frente, mantida como um compromisso com a verdade histórica", afirmou o embaixador.

Ele lembra que "o povo brasileiro é amigo do coração de Israel e do povo judeu" e possuí a segunda maior comunidade judaica da América Latina.

"Durante um dos momentos mais catastróficos da nossa história, judeus foram acolhidos e encontraram aqui a chance de um recomeço. Também não podemos esquecer de exaltar os heróis brasileiros que lutaram bravamente contra o nazismo durante a Segunda Guerra", recordou Shelley.

Últimas