Brasil Voluntariado ajuda no desenvolvimento de habilidades profissionais

Voluntariado ajuda no desenvolvimento de habilidades profissionais

Especialistas debatem benefícios das ações voluntárias para sociedade, no Estúdio News desta quarta-feira (25)

Marcelo Nonohay, Graça Oliveira e Gustavo Toledo

Marcelo Nonohay, Graça Oliveira e Gustavo Toledo

Divulgação

Em época de festas de fim de ano, as palavras “solidariedade” e “generosidade” se fazem ainda mais presentes. Por isso, o Estúdio News convida, nesta quarta-feira (25), Graça Oliveira, gestora do voluntariado da Fundação Dorina Nowill para Cegos, e Marcelo Nonohay, diretor da MGN, para falar sobre o crescimento do trabalho voluntário no Brasil.

Segundo a pesquisa “Outras formas de trabalho” do IBGE, mais de 7 milhões de pessoas realizaram trabalho voluntário no último ano. O crescimento de movimentos sociais e o debate sobre diversidade são fatores que contribuem para esse crescimento, no entendimento da Graça Oliveira.

“Hoje em dia a gente vive em um mundo diverso, onde a gente não fala só do apoio à pessoa carente, mas você fala de adversidade. É o cuidado de você colocar à serviço de uma pessoa toda a sua competência e ter em troca a gratidão, um sorriso, uma transformação de vida”.

O voluntariado empresarial também é um movimento crescente. As empresas investem no setor, não só pela construção de uma melhor reputação e imagem, mas também investindo no desenvolvimento de seus colaboradores. De acordo com um estudo feito pela universidade de Michigan, nos Estados Unidos, as pessoas que estão dispostas a doar os eu tempo para ajudar o próximo vivem em média quatro anos a mais que os demais.

“As empresas começam a enxergar que as pessoas, os colaboradores que participam como voluntários desse programa eles voltam transformados, eles desenvolvem habilidades e competências que certas vezes são difíceis de desenvolver em uma sala de treinamento comum. Essa vivência é um grande laboratório de empatia, de desenvolvimento de liderança e de diversas outras habilidades que são muito necessárias para todas as organizações”, explica Nonohay.

O Estúdio News vai ao ar às quartas-feiras, às 22h, com reprise aos sábados, às 23h30 e aos domingos, às 19h. A Record News é sintonizada pelos canais de TV fechada 55 Vivo TV, 78 Net, 32 Oi TV, 14 Claro, 19 Sky e 134 GVT, além do canal 42.1 em São Paulo e demais canais da TV aberta em todo o Brasil.

Foto: Marcelo Nonohay, Graça Oliveira e Gustavo Toledo

Crédito: Divulgação