Brasília Abrigos provisórios são instalados no DF para acolher pessoas em situação de rua

Abrigos provisórios são instalados no DF para acolher pessoas em situação de rua

Unidades na Asa Sul e no Gama visam proteger a população do frio; previsão é que alojamentos funcionem até segunda-feira (3)

  • Brasília | Fabíola Souza, do R7, em Brasília

Defesa Civil emitiu alerta laranja no DF

Defesa Civil emitiu alerta laranja no DF

Agência Brasil

A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) do Distrito Federal instalou alojamentos emergenciais para proteger as pessoas em situação de rua do frio. A ação ocorre em dois locais: Ginásio Bezerrinho (Gama) e na Escola do Parque da Cidade (Proem), na Quadra 909 da Asa Sul. Nesta semana, os termômetros marcaram 8,6°C na quinta-feira (29). Foi a madrugada mais gelada de 2023.

Os abrigos temporários deverão operar até segunda-feira (3). O prazo pode ser prorrogado, caso o frio perdure por mais tempo. A unidade do Proem conta com 100 vagas, e a do Bezerrinho com 40. O horário de funcionamento é de 19h às 7h.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram

De acordo com a secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra, os alojamentos vão oferecer à população em situação de rua jantar, café da manhã, um kit para higiene pessoal, cobertor e colchonete. "O abrigo provisório vai permanecer enquanto tiver o alerta laranja. As nossas equipes de abordagem social da secretaria vão abordar as pessoas que estão em situação de rua para orientá-las e encaminhá-las, caso haja o interesse", explicou.

A Defesa Civil emitiu um alerta laranja na tarde desta quinta-feira (29), que aponta situação meteorológica perigosa. A ação conta com apoio das secretarias de Governo e de Educação, bem como das administrações regionais do Plano Piloto e do Gama.

Últimas