Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Aplicativo ‘Celular Seguro’ registra 57 mil bloqueios em seis meses

Alertas, feitos após furtos, roubos ou perda do aparelho, indicam uma média de 321 bloqueios por dia

Brasília|Giovana Cardoso, do R7, em Brasília


Mais de dois milhões de usuários já se cadastraram na ferramenta Tânia Rêgo/ Agência Brasil

Em seis meses, o programa Celular Seguro recebeu 57.790 alertas de bloqueios após roubos, furtos ou perda do aparelho, segundo o Ministério da Justiça. O índice indica uma média de 321 bloqueios por dia. Desde o lançamento, em dezembro do ano passado, mais de dois milhões de usuários se cadastraram na ferramenta. A plataforma funciona como uma espécie de botão de emergência que garante o bloqueio do aparelho, da linha telefônica e de aplicativos bancários.

Veja mais

A pasta informou que a expectativa é de que no próximo semestre seja lançado novas funcionalidades, como a possibilidade de manter o celular funcionando mesmo após ter acionado o alerta. “Nesse caso, se um novo chip for instalado, uma mensagem aparecerá na tela orientando o novo comprador do telefone a ir a uma delegacia e apresentar a nota fiscal de compra”, disse.

Além da funcionalidade, será incorporada uma lista de IMEIS, que são a identidade de cada aparelho celular, para consulta de quem for comprar um aparelho usado. Assim, será possível conferir se o aparelho desejado tem alguma restrição ou registro de roubo ou furto.

O acesso ao aplicativo é feito por meio do cadastro no Gov.br. Os aparelhos podem ser registrados via site - ou aplicativo, disponíveis na Play Store (Android) e na App Store (iOS). As empresas que já aderiram à iniciativa estão descritas nos termos de uso.

O ministério apontou não haver limite para o cadastro de números, mas eles precisam estar vinculados ao CPF do titular da linha para que o bloqueio seja concluído. Aqueles que estiverem cadastrados no aplicativo podem indicar pessoas da sua confiança, que estarão autorizadas a realizar os bloqueios, caso o titular tenha o celular roubado, furtado ou extraviado.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.