Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Bolsonaro questiona no STF fala de Lula sobre 'agradar crime organizado'

O ex-presidente entrou com um pedido de explicações na Corte e afirmou que a declaração de Lula é uma ofensa a sua honra

Brasília|Gabriela Coelho, do R7, em Brasília


Ex-presidente Jair Bolsonaro e presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Ex-presidente Jair Bolsonaro e presidente Luiz Inácio Lula da Silva

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma interpelação criminal contra as declarações do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) durante um programa semanal do governo. Lula afirmou que Bolsonaro editou decretos de liberação de armas “para agradar ao crime organizado e gente que tem dinheiro”. A interpelação é um tipo de pedido de explicações. Nela, a defesa de Bolsonaro afirma que existe a necessidade de obter o esclarecimento, porque as falas atingem a honra do ex-presidente. 

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

No trecho sobre o qual Bolsonaro pede explicações, Lula diz que o governo do ex-presidente "queria criar o Ministério das Armas. O Ministério da Violência, o Ministério das Fake News, o Ministério da Mentira. É isso que eles queriam criar?". Outro ponto questionado é sobre a preparação de um golpe. “Eles tentaram preparar um golpe. Sifu”, disse Lula. 

A defesa do ex-presidente afirmou ainda que o Código Penal fixa o fato de que, em relação a alusões ou frases, calúnia, difamação ou injúria, quem se julga ofendido pode pedir explicações em juízo. "Portanto, possibilita-se ao interpelado se retratar ou esclarecer circunstâncias e fatos, talvez imprecisos ou equivocados, visando explicar a real intenção e o pretendido objetivo com as aludidas declarações", enunciou. 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.