Cidade Alerta DF Crianças não morreram por envenenamento, conclui inquérito

Crianças não morreram por envenenamento, conclui inquérito

Polícia investigava ainda caso de maus tratos após as crianças morrerem em fevereiro na região do Entorno do DF

A Polícia Civil de Goiás concluiu o inquérito da morte da criança Carlos Abraão de Jesus Carvalho, de seis anos e do primo dele João Batista Carvalho Alves, de quatro anos. As duas crianças moravam em Planaltina de Goiás e apresentaram sintomas parecidos, como febre, enjoo e vomito. A família levantou a possibilidade de que eles poderiam ter sido envenenados, mas os exames mostraram que Carlos não apresentava nenhuma toxina no organismo.

Além disso, laudos concluíram que não existiam marcas ou ferimentos que indicassem que as crianças tivessem sofrido maus tratos. A polícia aguarda o resultado de outros exames, mas afirma que, de acordo com as investigações, a morte das crianças foi causada por uma doença que eles pegaram por conta das condições da casa onde viviam, que eram precárias. O delegado que comandou as investigações no DF falou sobre o caso.

VEJA TAMBÉM

Polícia investiga mulher suspeita de manter turco em cárcere privado do DF

PM aposentado do DF é preso após trocar tiros com policiais de Goiás

Mulher fica com faca cravada na cabeça após ser agredida no DF

Últimas