Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

DF registra trimestre com menor número de homicídios em 25 anos

Secretaria de Segurança Pública aponta também para redução em crimes contra o patrimônio e feminicídios

Brasília|Do R7, em Brasília


Violência contra a mulher também reduziu
Violência contra a mulher também reduziu Divulgação/ SSP-DF - 07/04/2024

O Distrito Federal registrou neste primeiro trimestre o menor número de homicídios em 25 anos. Comparado ao mesmo período do ano passado, a redução chega a 21,1%. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP), a redução também alcançou os crimes contra o patrimônio (com queda de 21%), com destaque para os roubos a pedestres (redução de 36,4%) e a comércio (redução de 34,5%).

Para atuar na redução dos casos de violência e crimes, a SSP conta com o Programa

DF Mais Seguro - Segurança Integral, que engloba ações com diferentes setores do governo e da sociedade, além do investimento em inteligência e capacitação e uso de tecnologia.

Secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar, destaca que a pasta acompanha constantemente as ocorrências para readequar as ações de segurança. “Além [de termos] a microrregionalização das ações, com base em manchas criminais e estudos de inteligência, levamos em conta as demandas e sugestões da população. O objetivo é aprimorar a segurança e a qualidade de vida de todos”, afirmou.

Publicidade

Já os crimes violentos letais, que se relacionam a homicídios, feminicídios, lesões corporais seguidas de mortes e latrocínios, também apresentaram o menor registro acumulados dos três meses de 2024. Foram 60 casos registrados, uma redução de 23,1%%.

Houve, ainda, redução dos roubos em residência (-35,4%), de veículo (-31%) e a pedestres (-29,4%). O furto em veículo, por sua vez, apresentou aumento de 6,8% no acumulado dos três meses deste ano, mas teve redução no mês de março, chegando a -14,5%.

Publicidade

Violência contra a mulher

A violência contra a mulher também apresentou redução neste primeiro trimestre. No mesmo período do ano passado, foram dez casos de feminicídio notificados, contra cinco neste ano. Atualmente, 682 pessoas, entre vítimas e agressores, são monitoradas pela SSP. Com ajuda desses recursos, nos primeiros três meses deste ano, dez homens foram presos por terem violado as medidas estabelecidas pelo Judiciário. Ano passado, 43 agressores foram presos.

“Os dispositivos de monitoramento ampliam a proteção das mulheres com Medida Protetiva de Urgência expedida pelo Judiciário. Nosso trabalho será constante. Seguiremos firmes, junto aos demais órgãos de governo e sociedade civil, no enfrentamento à violência de gênero. Nosso objetivo é feminicídio zero no DF”, reforça o secretário de Segurança Pública.

Como pedir ajuda:

A denúncia é um passo fundamental para garantir que a mulher tenha acesso a medidas protetivas e a programas de proteção. Confira como pedir ajuda:

- Disque Denúncia - Ligue 197 ou (61) 98626-1197 (WhatsApp);

- Delegacias Especiais de Atendimento à Mulher - (61) 3207-6172/ 3207-6195 - Funcionam 24 horas;

- PMDF - Ligue 190;

- Núcleo de Gênero do MPDFT - (61) 3343-6086 e (61) 3343-9625; e

- Núcleo de Assistência Jurídica de Defesa da Mulher (Nudem) da Defensoria Pública - WhatsApp (61) 999359-0032.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.