Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Homem é preso no DF por tentar tocar em partes íntimas de adolescente dentro de ônibus

Abusador de 59 anos foi preso em flagrante após cobradora do veículo pedir ajuda para a Polícia Rodoviária Federal

Brasília|Do R7, em Brasília


Homem foi preso em flagrante pela PRF PRF/Divulgação

Um homem de 59 anos foi preso em flagrante por tentar tocar nas partes íntimas de uma adolescente de 15 anos em um ônibus no Distrito Federal na tarde desta segunda-feira (24). O caso aconteceu na BR-020, em Planaltina, quando o veículo estava parado em um posto de gasolina. Uma equipe da PRF (Polícia Rodoviária Federal) circulava no local quando percebeu o sinal da cobradora pedindo ajuda.

Veja Mais

Quando a equipe entrou no ônibus, a cobradora disse que o passageiro havia importunado sexualmente da adolescente. A garota confirmou que o homem tinha pegado em sua perna duas vezes e tentado tocar em suas partes íntimas, momento em que ela gritou pedindo ajuda.

A jovem foi atendida muito nervosa e chorando. O homem foi preso em flagrante e levado para a 16ª Delegacia de Polícia Civil (Planaltina).

Denuncie

Desde 2018, a Lei nº 13.718, conhecida como Lei de Importunação Sexual, prevê pena de reclusão para quem praticar qualquer ato libidinoso contra uma pessoa sem o seu consentimento. O contato físico inadequado, como apalpar, se esfregar ou tocar partes íntimas da vítima sem permissão é considerado importunação sexual.

Publicidade

Ao ser vítima de importunação sexual dentro de transportes públicos nas rodovias federais, ou presenciar o crime, ligue para a PRF pelo número 191. Em qualquer outro caso, a denúncia pode ser realizada ligando para o 180 (Central de Atendimento à Mulher) ou 190 (Polícia Militar).

Presencialmente, a pessoa ainda pode procurar as delegacias para fazer o boletim de ocorrência, como a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher ou qualquer outra Delegacia de Polícia.

Caso a pessoa tenha provas do crime, como uma gravação em vídeo, elas devem ser entregues às autoridades.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.