Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Lula quer Lira, Pacheco e Fachin em viagem para anunciar ajuda ao Rio Grande do Sul

Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), confirmou que foi convidado por Lula para integrar comitiva

Brasília|Hellen Leite, do R7, em Brasília


Lula em reunião com Lira, Pacheco e ministros Ricardo Stuckert / PR

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou nesta terça-feira (14) que foi convidado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para integrar a comitiva do governo ao Rio Grande do Sul. Durante a viagem agendada para esta quarta-feira (15), o governo pretende anunciar um conjunto de medidas destinadas a auxiliar as famílias gaúchas afetadas pelas enchentes no estado. Além de Lira, o presidente da República também convidou o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e o vice-presidente do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin.

“Estou vendo se antecipo todas as reuniões que tenho do dia de amanhã, principalmente relacionadas à reforma tributária e projetos que estão tramitando aqui na Casa que ficaram marcados para esta semana. Com isso, vamos ver se conseguimos ir amanhã [ao Rio Grande do Sul] e voltar no mesmo dia”, afirmou Lira.

Quarta-feira é um dia de atividade intensa na Câmara dos Deputados e no Senado Federal. Por isso, Lira assegurou que buscará conciliar sua agenda para garantir que a visita ao Rio Grande do Sul não prejudique a programação de votações no plenário. “Se nós não deixarmos essa pauta organizada, poderemos jogar a semana com alguma dificuldade. Mas vamos tentar ajustar”, completou.

Um dos projetos em tramitação no Congresso é uma proposta de lei complementar que propõe a suspensão das dívidas do Rio Grande do Sul com a União, e essa medida pode ser aplicada a qualquer estado ou município em situação de calamidade pública devido a eventos climáticos extremos. A proposta foi enviada pelo governo mais cedo. A expectativa é que o texto seja votado na Câmara nesta terça (14) e no Senado na quarta (15).

Publicidade

Além das pautas emergenciais da catástrofe do Rio Grande do Sul, há outros assuntos na pauta da Câmara que precisam ser votados, entre eles o projeto de lei que cria o programa nacional Mobilidade Verde e Inovação (Mover), que prevê incentivos para veículos sustentáveis e para realização de pesquisas voltadas às indústrias de mobilidade. Outra proposta que também está na pauta visa regular os serviços de streaming.

Quando perguntado sobre parlamentares que compartilham notícias falsas em discursos no plenário da Câmara, Lira disse que não há medidas a serem tomadas e enfatizou que os deputados são livres e responsáveis pelo conteúdo de seus discursos na tribuna.

“Eu vou impedir o parlamentar de falar na tribuna? A gente precisa ter um pouco de tolerância porque aqui ninguém pensa da mesma forma. O meu papel é dar espaço para que o debate seja feito”, disse.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.