Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Após derrotas no Congresso, Lula se reúne com ministro e líderes

Reunião ocorre após Câmara dos Deputados e Senado derrubarem vetos do presidente, como o da saidinha de presos

Brasília|Plínio Aguiar, do R7, em Brasília

O presidente Lula em reunião (Ricardo Stuckert/PR - 14.03.2024)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reúne na manhã desta segunda-feira (3) com a equipe responsável pela articulação política do Executivo com o Legislativo e com líderes do governo no Congresso Nacional. A reunião, realizada no Palácio do Planalto, ocorre após derrotas do governo em importantes votações na Câmara dos Deputados e no Senado, como a derrubada do veto ao projeto que restringe as saídas temporárias de presos para quem estuda e trabalha.

Leia mais

Participam do encontro o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, e os líderes Randolfe Rodrigues (Congresso), Jaques Wagner (Senado) e José Guimarães (Câmara), além dos secretários-executivos da Casa Civil e da Fazenda, Miriam Belchior e Dario Durigan, respectivamente.

Na semana passada, o Congresso derrubou alguns vetos de Lula a propostas aprovadas pelo parlamento. O Legislativo rejeitou, por exemplo, os vetos de Lula a um trecho da lei que proíbe as saidinhas de presos — o benefício agora vai valer apenas para os detentos do regime semiaberto que não cometeram crimes hediondos ou violentos e estejam estudando ou trabalhando formalmente —, e também a itens da Lei de Diretrizes Orçamentárias.

Além disso, o Congresso decidiu manter um veto do ex-presidente Jair Bolsonaro a uma proposta que buscava criminalizar notícias falsas relacionadas ao processo eleitoral. O governo Lula defendeu que o veto fosse derrubado, mas acabou derrotado.

Publicidade

Com os resultados, Lula decidiu mudar o formato das reuniões com líderes governistas no Congresso, e a partir de agora vai se encontrar semanalmente com parlamentares e a equipe responsável pela articulação política na tentativa de melhorar a imagem junto ao Legislativo e, assim, aprovar projetos de interesse do governo.

Encontro com o presidente da Croácia

A agenda de Lula nesta segunda conta, ainda, com a visita do presidente da Croácia, Zoran Milanović, no Palácio Itamaraty. Os líderes devem discutir a guerra entre Israel e o grupo terrorista Hamas e o conflito entre Rússia e Ucrânia. Os presidentes também devem debater assuntos relacionados à sustentabilidade, como as mudanças climáticas e a transição energética, e às relações bilaterais e entre Brasil e União Europeia.

Publicidade

Também são esperadas conversas a respeito da presidência brasileira no G20 — grupo que reúne as maiores economias do mundo, a União Europeia e a União Africana —, e a realização da COP30 (Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas) em Belém (PA), em 2025.

Depois, Lula se reúne com os presidentes do Banco do Brasil (Tarciana Medeiros) e da Caixa Econômica Federal (Carlos Vieira) e, na sequência, com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski. À noite, o presidente da República participa da cerimônia de posse da ministra Cármen Lúcia e do ministro Nunes Marques nos cargos de presidente e vice-presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.