Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Onça-parda mata 14 ovelhas e cachorros em chácara no Entorno do DF

Secretaria de Meio Ambiente e bombeiros de Valparaíso de Goiás investigam o caso 

Brasília|Karla Beatryz*, do R7, em Brasília

Animais são mortos por onça no Entorno do DF
Animais são mortos por onça no Entorno do DF Animais são mortos por onça no Entorno do DF

A Secretaria de Meio Ambiente de Valparaíso de Goiás, região localizada a 32 km do Distrito Federal, investiga um susposto ataque de onça-parda após 14 ovelhas serem encontradas mortas na noite desta terça-feira (6). O caso ocorreu em uma chácara do Parque Marajó, e o caseiro do local afirmou que viu o felino quatro vezes na região, mas foi a primeira vez que os animais são atacados.

Ainda de acordo com o funcionário, a onça já teria aparecido no local nessa segunda-feira (5) e atacado o cachorro. Na madrugada do dia seguinte, o animal retornou e atacou as ovelhas. A Fiscalização Ambiental e o Corpo de Bombeiros de Valparaíso de Goiás realizam uma força-tarefa para entender o motivo dos ataques e localizar a suposta onça.

Animais são mortos por onça no Entorno do DF
Animais são mortos por onça no Entorno do DF Animais são mortos por onça no Entorno do DF

O comandante da 26ª Companhia Independente Bombeiro Militar, Capitão Fábio Rodrigues, disse que a corporação foi acionada na noite desta terça-feira (6). “Uma equipe técnica foi ao local hoje para tentar identificar pegadas e restos dos animais mortos. Conseguiram identificar e estaremos orientando os moradores. O animal adentrou a região de mata fechada ao lado do bairro, sendo inviável sua procura”, explica.

Segundo o capitão, a orientação é para que os moradores fechem as propriedades, sobretudo os animais domésticos. A Polícia Ambiental do Distrito Federal e de Goiás dá apoio ao caso.

Continua após a publicidade

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Continua após a publicidade

Em nota, a Secretaria de Meio Ambiente de Valparaíso de Goiás informou que uma equipe composta de biólogos e médicos-veterinários vai realizar uma perícia no local e acompanhar o caso de perto. "Por meio dessa investigação, esperamos obter informações precisas sobre o incidente, incluindo uma análise do comportamento da possível onça, suas possíveis motivações e avaliação do ecossistema local", explicou.

Confira a nota completa abaixo:

Continua após a publicidade

“Gostaríamos de informar que a Secretaria de Meio Ambiente tomou conhecimento dos fatos, na tarde do dia 6 de junho de 2023. No referido episódio, é provável que uma onça atacou e matou 14 ovelhas, causando prejuízos consideráveis ao proprietário.

Diante da gravidade dos fatos e da necessidade de uma intervenção especializada, a Secretaria de Meio Ambiente encaminhou hoje, dia 7, nossa equipe de resgate de animais silvestres, composta por biólogos e médicos veterinários altamente admitidos, para realizar a perícia no local do ocorrido e tomar as medidas necessárias.

Dado o caráter delicado nesse caso, entendemos ser essencial realizar uma perícia minuciosa para identificar as circunstâncias do ataque e as medidas necessárias para prevenir ocorrências futuras. Através dessa investigação, esperamos obter informações precisas sobre o incidente, incluindo uma análise do comportamento da possível onça, suas possíveis motivações e avaliação do ecossistema local.

Nossa equipe de especialistas em vida selvagem está empenhada em conduzir essa avaliação de maneira criteriosa e responsável, buscando encontrar soluções adequadas para proteger tanto as espécies silvestres quanto os animais de criação nas áreas da região.

Continuaremos acompanhando de perto esse caso, mantendo todos os envolvidos informados sobre as etapas da perícia e as medidas a serem adotadas. Nosso objetivo é promover uma convivência harmoniosa entre a fauna nativa e a atividade agropecuária, garantindo a segurança de todos os envolvidos.

Qualquer informação adicional relevante sobre o caso pode ser encaminhada para a nossa, a fim de contribuir com o assunto.”

Outros casos

Onça-parda é encontrada morta em reserva ambiental

Em maio de 2022, uma onça-parda foi encontrada morta dentro da Estação Ecológica de Águas Emendadas, na região de Planaltina. A suspeita é que a onça tivesse um ferimento de bala na região do pescoço. Após os exames realizados, o laboratório de Patologia Veterinária da Universidade de Brasília (UnB) descartou a possibilidade. Os especialistas afirmam que o animal morreu de causas naturais. 

Onça rara é flagrada no Entorno do DF

O projeto “Brasília é o bicho” registou imagens de uma onça que quase entrou em extinção no cerrado. O flagrante ocorreu em 2022. O animal é conhecido como onça-pintada melânica, que possui uma pelagem escura. Ela foi flagrada na região de Planaltina de Goiás e segundo biólogos, entre 2015 e 2022 só foram localizadas cinto onças da espécie no cerrado (veja o vídeo).

Onça ataca animais em propriedades rurais do DF

O Batalhão de Polícia Militar Ambiental buscava por uma onça que matou e feriu diversos animais da região do Altiplano Leste, no Distrito Federal, em fevereiro de 2022. Diversas galinhas, éguas, gatos, ovelhas e cachorros foram atacados pelo animal. A Polícia Militar informa que o felino possui o instinto de caça para sobreviver e orienta os moradores da região a não adentrarem a mata para que não haja avaliação errônea.

*Sob supervisão de Fausto Carneiro.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.