Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

ONU oficializa Brasil como país-sede da COP30, que ocorrerá em Belém

Confirmação foi feita nesta segunda-feira durante sessão plenária da COP28, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos

Brasília|Plínio Aguiar, do R7, em Brasília


Amazônia brasileira será sede da COP30
Amazônia brasileira será sede da COP30

A Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou, nesta segunda-feira (11), o Brasil para sediar a 30ª Conferência sobre Mudança do Clima (COP30), entre 10 e 21 de setembro de 2025. A decisão, que havia sido anunciada pelo governo brasileiro em maio, foi oficializada durante sessão plenária. Segundo o Palácio do Planalto, a COP30 será na cidade de Belém (PA).

Será a primeira vez que a floresta amazônica sediará o principal evento sobre mudança climática do mundo. "A Amazônia nos mostra o caminho, com sua imensa biodiversidade e enorme território ameaçado pelas mudanças climáticas. Ela nos lembra o quanto as três Convenções do Rio estão entrelaçadas nos seus desafios, mas também nas soluções sinérgicas que abarcam. Realizar a COP30 no seio da floresta é nos lembrarmos, com força, da responsabilidade de manter o planeta dentro da nossa missão de 1,5°C", afirmou a ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva.

Em junho, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) garantiu que o governo federal "não vai medir esforços para ajudar tanto a Prefeitura de Belém quanto o governo do estado" na preparação para receber o evento, a maior cúpula mundial relacionada ao clima do planeta.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

Assine a newsletter R7 em Ponto

"Vamos ter que melhorar muito os serviços básicos da cidade para fazer as coisas acontecerem", ressaltou Lula. O presidente também destacou a importância da escolha do local do evento. "Qualquer jovem, qualquer pessoa idosa, qualquer governador, qualquer ministro do mundo fala da Amazônia."

A primeira COP organizada na região amazônica permitirá a delegações de todo o mundo que venham conhecer a maior floresta tropical do planeta. Segundo o governo federal, as duas últimas edições da COP movimentaram cerca de 25 mil pessoas, entre participantes e suporte técnico.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.