Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Polícia Federal envia lista de nomes de foragidos do 8 de Janeiro para a Ameripol

Entidade que reúne polícias da América recebeu 29 nomes para localizar e ajudar em processo de extradição

Brasília|Natália Martins, da RECORD

Polícia Federal enviou nomes de foragidos à Ameripol Reprodução / Polícia Federal

A Coordenação-Geral de Cooperação Policial da Polícia Federal enviou, na semana passada, um ofício à Ameripol (Comunidade de Polícias da América) pedindo ajuda para localizar 29 brasileiros foragidos. O organismo funciona como a Interpol das Américas e pode ajudar a PF a localizar os foragidos por meio de troca de informações com as polícias dos países membros.

Leia também

A Ameripol enviou os nomes dos foragidos para a Anfast, rede do organismo que tem o objetivo de encontrar endereços de foragidos. Atualmente, 30 países das Américas fazem parte da Ameripol e acessam a lista Anfast. Quando os nomes dos foragidos são incluídos nessa lista, as buscas são feitas pelas polícias de cada um dos países. Uma pessoa pode ser localizada a partir da utilização de cartão de crédito em estabelecimentos comerciais ou bancos, e documentos em órgãos públicos ou aduanas, por exemplo. Cada país segue seus próprios protocolos, ténica de investigação e legislação.

Antes de acionar a entidade, a Polícia Federal conseguiu localizar 48 brasileiros foragidos na Argentina. Os mandados começaram a ser cumpridos na última quarta-feira (5) , em mais uma etapa da operação Lesa Pátria, quando a Justiça determinou a prisão de 209 condenados ou investigados por participação nos atos antidemocráticos do dia 8 de Janeiro. Alguns estavam foragidos, outros descumprindo medidas cautelares. Houve também foragidos que estavam em prisão domiciliar e retiraram ilegalmente as tornozeleiras eletrônicas.

Até agora, apenas 50 pessoas foram localizadas e presas nos estados do Espírito Santo, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, Bahia, Paraná e no Distrito Federal. Outros 48 foram localizados por meio de cooperação policial. Vinte e nove nomes de foragidos foram enviados à Ameripol e mais nomes serão enviados nos próximos dias. Oitenta e três foragidos ainda não foram listados.

Publicidade

Para a captura dos condenados ou investigados, considerados foragidos, a Polícia Federal vai trabalhar na construção de pedidos de extradição. Nessa etapa a cooperação já não será mais policial, mas judicial. Com isso, entram em ação o Supremo Tribunal Federal e o Ministério da Justiça e Segurança Pública.


Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.