Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Senado vota decreto de intervenção federal na segurança do DF nesta terça

Medida aprovada na Câmara nesta segunda-feira foi assinada pelo presidente após a depredação de prédios em Brasília, no domingo

Brasília|Camila Costa, do R7, em Brasília


Plenário do Senado
Plenário do Senado

Os senadores vão votar o decreto que determina a intervenção federal na segurança pública do Distrito Federal nesta terça-feira (10). O texto chega à Casa após ter sido aprovado na Câmara dos Deputados na noite desta segunda (9).

A medida foi assinada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) após a invasão por extremistas dos edifícios-sede do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal (STF), e do Palácio do Planalto, em Brasília, no último domingo (8).

Os manifestantes que participaram dos atos de vandalismo não aceitam a vitória de Lula sobre o ex-presidente Jair Bolsonaro nas eleições do ano passado.

O que é a intervenção federal?

O decreto de intervenção federal é uma medida de caráter excepcional e temporária, prevista na Constituição Federal, que afasta a autonomia do Governo do Distrito Federal. O ato é restrito à Segurança Pública do DF e vai durar até 31 de janeiro.

Publicidade

O interventor federal será Ricardo Cappelli, secretário-executivo do Ministério da Justiça. Horas depois do início das manifestações, o secretário de Segurança Pública do DF, Anderson Torres, foi exonerado do cargo.

Leia também

Nesta segunda (8), Cappelli anunciou que o coronel Klepter Rosa Gonçalves vai assumir interinamente o comando da Polícia Militar do DF. Em outubro do ano passado, Klepter foi nomeado subcomandante-geral da corporação. Ele substituirá o coronel Fábio Augusto, afastado após os atos de vandalismo do último domingo (8).

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.