Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Vídeos: tempestade transforma ruas em 'rios' e deixa carros ilhados em Brasília; hospital fica alagado

Chuva atingiu a capital federal entre fim da manhã e início da tarde deste domingo e causou transtornos à população

Brasília|Luiz Calcagno e Emerson Fonseca Fraga, do R7, em Brasília

A chuva que caiu em Brasília entre o fim da manhã e o início da tarde deste domingo (30) deixou várias regiões alagadas e carros ilhados. No Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB), na Asa Sul, a força da água destruiu o teto e formou uma cascata (veja vídeo abaixo).

• Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

• Compartilhe esta notícia pelo Telegram

A Estação Central do Metrô-DF ficou inundada e precisou ser fechada para o público (veja abaixo).

Publicidade
Temporal atingiu principalmente o Plano Piloto
Temporal atingiu principalmente o Plano Piloto Temporal atingiu principalmente o Plano Piloto

Em uma das filmagens, um veículo trafega no início da L2 Sul, próximo à Catedral Metropolitana, e a via está completamente coberta pela água. O R7 procurou o Corpo de Bombeiros Militar do DF em busca de um balanço das ocorrências registradas, mas ainda não obteve resposta.

No Setor de Autarquias Sul, condutores dirigiam sem conseguir ver o asfalto por conta da quantidade de água. A chuva também provocou engarrafamento na entrada da W3 Norte. Em um registro do Setor Comercial Sul, é possível ver a força da água e do vento.

Publicidade

A parte mais baixa de prédios residenciais foi alagada. A água descia pelas escadarias como cachoeira. A enxurrada também formou um rio em uma área comercial próxima ao Banco Central, cobriu o asfalto e a calçada e impediu a população de transitar.

Leia também

"Só para vocês terem uma ideia, isso aqui é a calçada", afirma a pessoa que filmou o momento.

Publicidade

Meteorologista explica

A meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) Dayse Moraes destacou que as regiões com maior concentração de chuva no Distrito Federal foram justamente a do Sudoeste e Octogonal e a do Plano Piloto, que é a área central de Brasília, onde fica a praça dos Três Poderes.

A estação do Inmet do Sudoeste e Octogonal registrou 21,6 milímetros de chuva por metro quadrado. "Foi um volume considerável e uma chuva que causou transtornos e alagamentos", afirmou ela. De acordo com Dayse, ainda há previsão de chuva para a primeira quinzena de maio.

A expectativa é que as pancadas ocorram durante a tarde, mas que enfraqueçam até a metade do mês. "Ainda estamos no período chuvoso. Está terminando, mas até a primeira quinzena de maio ainda devem ocorrer. Temos muito calor e umidade e teremos pancadas de chuva em algumas tardes. Depois começa o período de seca", explicou.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.