Curral de Cima: aumento de frota fez crescer gasto com combustíveis

A Prefeitura de Curral de Cima, na Zona da Mata da Paraíba,

A Prefeitura de Curral de Cima, na Zona da Mata da Paraíba, emitiu um comunicado nesta terça-feira (7) para esclarecer que o aumento do consumo de combustíveis pela administração municipal em 21%, conforme destaca relatório prévio do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), se deu pela recuperação da frota de veículos e também por aquisições de trator, ambulância e carros para uso da saúde. A gestão informa que houve aumento de serviços e esclarece que a defesa com as informações já foi encaminhada à Corte de Contas.

O ano de 2017 foi o primeiro da gestão do prefeito Totó Ribeiro (Progressistas), quando, sem recursos, o gestor realizou atendimentos com uma frota reduzida, tendo ainda que contar com parte dos veículos indo a oficinas para reparos necessários.

Durante o segundo ano da gestão, em 2018, a administração contou com 15 veículos, sendo 11 próprios que estavam em situações de uso e quatro locados. Já em 2019 o município adquiriu mais cinco veículos próprios e locou mais seis, perfazendo uma frota com 26 veículos, sendo 16 próprios e 10 locados.