Diário Digital Rapaz que dirigia com namorada no capô vai a júri popular

Rapaz que dirigia com namorada no capô vai a júri popular

O juiz da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande decidiu levar Rafael de Souza Carrelo, 19 anos, que dirigia a 95 km/h com a namorada em cima do capô do carro, quando perdeu o controle da direção e atropelou a jovem, a júri popular por homicídio simples. A data do julgamento ainda […] O post Rapaz que dirigia com namorada no capô vai a júri popular apareceu primeiro em Diário Digital.

O juiz da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande decidiu levar Rafael de Souza Carrelo, 19 anos, que dirigia a 95 km/h com a namorada em cima do capô do carro, quando perdeu o controle da direção e atropelou a jovem, a júri popular por homicídio simples. A data do julgamento ainda não foi marcada.

Na sexta-feira (1º), a justiça determinou que Rafael não deve mais ser mantido em prisão domiciliar e pode tirar a tornozeleira eletrônica.  Como condição, o acusado deve comparecer em juízo, mensalmente, para justificar as suas atividades. A CNH (Carteira Nacional de Habilitação) de Rafael foi suspensa.

Mariana Vitória Vieira Lima, também de 19 anos, morreu na noite de 15 de maio, após o que o jovem chamou de “brincadeira”. A menina estava no capô do carro, quando o condutor perdeu o controle do veículo e colidiu em um poste de energia, próximo ao Shopping Campo Grande.

Imagens de câmeras de segurança mostraram que Rafael também andou sobre o capô do carro, enquanto a namorada Mariana Vitória dirigiu.  O registro bate com a segunda versão apresentada pelo rapaz na delegacia de que a jovem morreu durante uma “brincadeira” do casal.

Na vez de Mariana ir sobre o capô, a perícia constatou que Rafael dirigia a aproximadamente 95 km/h e, ao fazer a curva da Avenida Arquiteto Rubens Gil de Camilo, perdeu o controle da direção, colidiu no poste. A vítima foi arremessada e ele atropelou a namorada que morreu no local.

O acidente aconteceu por volta das 4h30. Rafael estava, visivelmente, embriagado passou por teste do bafômetro que apontou 0,89 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões.

O post Rapaz que dirigia com namorada no capô vai a júri popular apareceu primeiro em Diário Digital.

Últimas