Folha Vitória Aulas presenciais na rede estadual serão obrigatórias em todo o ES a partir de 26 de julho

Aulas presenciais na rede estadual serão obrigatórias em todo o ES a partir de 26 de julho

Novo mapa de risco classifica 72 municípios em risco baixo e seis no moderado

Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

As aulas presenciais na rede estadual voltarão a ser obrigatórias a partir do dia 26 de julho nas escolas da rede estadual. O anúncio foi feito pelo governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, na noite desta sexta-feira (16).

O novo mapa de risco classifica a maioria dos municípios capixabas, 72 no total, em risco baixo, incluindo toda a Grande Vitória. Seis cidades estão em risco moderado.

Atualmente, as escolas oferecem aulas presenciais obedecendo aos protocolos, que pedem um número reduzido de alunos em sala de aula, com revezamento a cada semana. 

"A partir do dia 26 muda a alternância. Ela passa, de uma semana sim e outra não, para um dia sim e o outro não. Uma turma de alunos vai um dia e, no outro dia, a outra turma de alunos. Se torna obrigatória a presença do aluno em sala de aula. No momento é opcional, mas a partir do dia 26 é obrigatória", explicou Casagrande. 

Recomendação aos municípios

O governador pediu que as aulas nas escolas das redes municipais também voltem a ser obrigatórias, assim como na rede estadual

"Pedimos aos municípios que abram as escolas, analisem a hipótese do retorno obrigatório no modelo de alternância", ressaltou o governador, recomendando que as cidades não deixem de seguir os protocolos sanitários como distanciamento social, uso de máscara e oferecimento de álcool em gel.

O Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Estado do Espírito Santo (Sinepe-ES) foi procurado para saber se a rede privada iria aderir às novas regras propostas pelo Estado. Quando a resposta for enviada, a reportagem será atualizada.

Últimas