Folha Vitória Caso Robinho FGC: Capcom se pronuncia após live falando sobre estupro

Caso Robinho FGC: Capcom se pronuncia após live falando sobre estupro

Roibinho FGC fez live em que admitiu ter participado de estupro coletivo

Folha Vitória

A Capcom, desenvolvedora do jogo Street Fighter V e responsável pelos campeonatos do seu jogo de luta, se pronunciou no Twitter após o caso em que Robinho FGC, pro-player e qualificado para o próximo campeonato, ter falado sobre estupro coletivo de uma ex-namorada.

Foto: Reprodução / Twitter
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória
Chegou ao nosso conhecimento que Robson "robinho" Oliveira fez reivindicações em um fórum público onde descreveu a sua participação em atos repreensíveis e atrozes. Temos tolerância zero para esses tipos de atos e comportamentos, que, no mínimo, violam o código de conduta do jogador, potencialmente as leis brasileiras e merecem ação.

Portanto, Robson "robinho" Oliveira está permanentemente banido de todos os eventos pertencentes e / ou operados pela Capcom Cup, Capcom Pro Tour e liga Street Fighter. Este é um banimento global, o que significa que se aplica a torneios e eventos em todos os locais do mundo.

Embora esta seja apenas uma consequência, esperamos que as autoridades locais investiguem rapidamente e tratem deste assunto em toda a extensão da lei. 

Entenda o caso

Foto: Reprodução / Twitter
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Robinho FGC era um pro-player do time Patoz e estava qualificado para o próximo Pro-Tour. O jogador fez então uma live enquanto jogava Street Fighter V, como era rotineiro, mas durante uma pausa contou sobre como embebedou e estuprou uma ex-namorada. 

O caso completo foi noticiado aqui no Folha Vitória Games no dia 06/01 e você pode ler clicando AQUI.

Últimas